O Livro de Cesário Verde

O Livro de Cesário Verde

Cesário Verde
ISBN:978-972-0-72729-9
Edição/reimpressão:05-2015
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:72729
ver detalhes do produto
7,70€
6,93€
-25%
EM
STOCK
COMPRAR
-25%
EM
STOCK
7,70€
6,93€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO + 15% EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

Metas Curriculares de Português
Leitura obrigatória para o 11.º ano de escolaridade.
Leitura recomendada para o 8.º ano de escolaridade.

O Livro de Cesário Verde (uma seleção)

Naquele pic-nic de burguesas,
Houve uma coisa simplesmente bela,
E que, sem ter história nem grandezas,
Em todo o caso dava uma aguarela.

Cesário Verde, o "repórter do quotidiano", consegue, como nenhum outro poeta português, observar os pormenores mais prosaicos da realidade exterior - da cidade e do campo -, captá-los através de todos os sentidos e representá-los em verdadeiras aguarelas que são os seus poemas.

A Coleção Educação Literária reúne obras de referência da literatura portuguesa e universal indicadas pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.

Conheça todas as obras da Educação Literária na nossa página especial.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O Livro de Cesário Verde
de Cesário Verde
ISBN:978-972-0-72729-9
Edição/reimpressão:05-2015
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:72729
Idioma:Português
Dimensões:128 x 198 x 7 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:96
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Poesia > Apoio Escolar > 11.º Ano > Leituras Orientadas

sobre Cesário Verde

Cesário Verde
Cesário Verde nasce em 1855, em Lisboa. Aos 18 anos publica os primeiros versos no «Diário de Notícias», pela mão de Eduardo Coelho (fundador do jornal), que fora caixeiro na loja de seu pai. Entre 1874 e 1875 publica vários poemas noutros jornais e revistas. É atacado pelo «Diário Ilustrado», ao qual responde com uma sátira (que não antologia para «O Livro»); Ramalho Ortigão critica-o sem entendimento e com arrogância. Durante o ano de 1876 publica com menos frequência e nos anos que se segue! m continua a ser alvo de mais críticas e maior incompreensão. Em 1880 publica «O Sentimento dum Ocidental» em «Portugal a Camões» (número especial do «Jornal de Viagens», no âmbito das comemorações do tricentenário da morte de Camões), Porto. O poema «Nós» é publicado n’ «A Ilustração», em Paris, em 1884. O seu estado de saúde começa a agravar-se, vindo a morrer de tuberculose a 19 de julho de 1886. Em 1887 Silva Pinto publica «O Livro de Cesário Verde», com uma tiragem de 200 exemplares.
Ver Mais

DO MESMO AUTOR

O Livro de Cesário Verde

de Cesário Verde

4,95€

5,50€

QUEM COMPROU TAMBÉM COMPROU

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK