A aldeia das almas desaparecidas II

A aldeia das almas desaparecidas II

Aquilo que procuramos está sempre à nossa procura

avaliação dos leitores (3 comentários)
(3 comentários)
Formatos disponíveis
22,20€ I
19,98€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
22,20€ I
19,98€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Depois dos desesperados esforços para salvar a avó Flor do Fogo de Santo António que dizimava Salamanca, Isaaque Zarco regressa ao Porto, onde retoma o seu trabalho como assistente de alfaiate e participa ainda mais ativamente nos serviços da sinagoga clandestina da cidade. A pacatez dos seus dias, porém, é interrompida quando, já com dezassete anos, recebe uma carta da filha adotiva de Flor, Sálvia, informando-o de que a velha curandeira foi presa pelo Santo Ofício. Isaaque vê-se então mergulhar num mundo pérfido repleto de traições, que culminam no terrífico auto de fé de Madrid, de 1680. Pior do que tudo, fica a saber que, sob tortura, a velha curandeira denunciou outros dois amigos como judeus secretos. Será ele capaz de os salvar, correndo o risco de ser preso?

Amor, traição, sacrifício e coragem coexistem neste romance arrebatador, narrativa ímpar dos horrores da Inquisição, que eleva Richard Zimler ao pódio dos maiores contadores de histórias.

Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Para além de uma narrativa bem arquitetada, que vai prendendo o leitor com episódios, uns mais laterais do que outros, que não são desvelados de imediato, impressiona a capacidade de Richard Zimler de retratar ambientes históricos, tornando-os vívidos através de descrições de sons e de cheiros.
José Riço Direitinho, Público
As almas desaparecidas deste livro não são apenas as vítimas do Santo Ofício em Castelo Rodrigo. São as invisibilidades que atravessam esta narrativa. Desaparecimentos de ontem que são tantas vezes escondidos hoje. O abandono familiar que não se partilha. A violência doméstica testemunhada que não se conta. A orientação sexual que se esconde. O abuso que se sofre sozinho. A deficiência que se enjeita. A religião que não se pratica abertamente. No século XIII e hoje.
João Costa, Ministro da Educação
Este livro marca um regresso à família Zarco, que projetou o autor na literatura e que nos posiciona nos dramas de sempre, porque inerentes à condição humana. […] Um livro que vira o leitor do avesso […] não imagino melhor elogio.
Sandra Sousa, RTP
O ambiente narrativo criado por Zimler é de tal forma mágico que por vezes se lê este romance histórico como se fosse uma saga de fantasia. […] Com recurso a nomes reais, datas de prisão e outros de¬talhes sobre os aldeãos levados pela Inquisição, Zimler apresenta um trabalho exaustivo de pesquisa que torna este romance uma obra magistral e um testemunho inigualável.
Paulo Serra, Cultura Sul
Este romance é um contributo para combater a intolerância religiosa… Passa-se no século XII mas, infelizmente, muitas destas questões voltaram a estar na ordem do dia.
Ana Daniela Soares, Todas as Palavras (RTP)
[O narrador] Isaaque é uma personagem fabulosa. E o Samuel e a avó Flor… são duas personagens pelas quais acho inevitável todos os leitores se apaixonarem.
José Mário Silva

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Guerras religiosas
Carlos Serejo | 2023-06-27
A conclusão da aventura iniciada com o primeiro volume desta obra que retrata a vida dos «cristãos-novos» na Península Ibérica durante a Idade Moderna. De fácil leitura, mas com um enredo extradordinário, Richard Zimler consegue levar-nos até aos locais onde a ação decorre. Que sirva de exemplo para outros escritores pela forma como retrata aspetos relevantes da nossa História.
Apaixonante
Edite Maria Campos Rosa | 2023-05-12
Ao pegar no livro Almas Desaparecidas I, li-o apaixonadamente, página a página até chegar à última, de uma forma imparável e cativante. Este volume II repetiu-se a cena...imperdível, imparável de ler até se chegar ao final. Um escritor que me cativou de tal maneira que já adquiri os outros seus livros.

DETALHES DO PRODUTO

A aldeia das almas desaparecidas II
de Richard Zimler
ISBN: 978-972-0-03581-3
Edição/reimpressão: 03-2023
Editor: Porto Editora
Código: 03581
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 33 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 568
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance

sobre Richard Zimler

Richard Zimler nasceu em 1956 em Roslyn Heights, um subúrbio de Nova Iorque. Fez um bacharelato em Religião Comparada na Duke University e um mestrado em Jornalismo na Stanford University. Trabalhou como jornalista durante oito anos, principalmente na região de São Francisco. Em 1990 foi viver para o Porto, onde lecionou Jornalismo, primeiro na Escola Superior de Jornalismo e depois na Universidade do Porto. Tem atualmente dupla nacionalidade, americana e portuguesa. Desde 1996, publicou doze romances, uma coletânea de contos e sete livros para crianças.
A sua obra encontra-se traduzida para 23 línguas.
Para mais informações sobre o autor, visite o site www.zimler.com
Ver Mais

DO MESMO AUTOR

Em Stock

Ilha Teresa

Strawberry Fields Forever

de Richard Zimler

14,99€

16,65€

Em Stock

A cegonha sem vergonha

Animais que riem e rimam

de Richard Zimler, Patrícia Figueiredo

11,97€

13,30€

Portes Grátis

Em Stock

A Aldeia das Almas Desaparecidas I

A floresta do avesso

de Richard Zimler

19,98€

22,20€

Portes Grátis

Em Stock

Insubmissos

de Richard Zimler

17,75€

Em Stock

Na terra dos animais falantes

de Richard Zimler

13,30€

Ver mais títulos deste autor

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!