2014-11-07

Três gerações juntas em Conversas com versos

Eugénia Melo e Castro canta Maria Alberta Menéres. Mariana Melo ilustra o icónico livro da avó.

Partilhar:
Conversas com versos, de Maria Alberta Menéres, é uma obra clássica e pioneira de poesia infantil. No dia 11 de novembro, a Porto Editora publica uma nova edição - muito especial - deste livro, acompanhada por um álbum de Eugénia Melo e Castro com a adaptação musical de alguns dos poemas.

Eugénia Melo e Castro, filha de Maria Alberta Menéres, faz uma homenagem à sua mãe e recria o Conversas com versos num álbum musical. Do livro, retira 14 poemas, cria 11 canções e entra no universo musical infantil, dando continuidade e uma nova leitura a esta obra poética. O álbum foi gravado e produzido por Eduardo Queiróz em São Paulo, em parceria com os músicos e autores Camilo Carrara e Nath Calan, e conta com as participações de Ney Matogrosso e de Lino Krizz.

As novas ilustrações são assinadas por Mariana Melo, neta de Maria Alberta Menéres e filha de Eugénia Melo e Castro. Juntam-se assim três gerações de áreas diferentes que se completam entre si.

Este livro está incluído no Plano Nacional de Leitura e é recomendado para o 1.º ano de escolaridade.

Conversas com versos será apresentado em Lisboa no dia 23 de novembro, às 16:00, na Sala 1 da Fundação Calouste Gulbenkian. Antes, no dia 16 de novembro, às 17:00, a Casa das Artes, no Porto, será palco da XXX edição do Porto de Encontro, onde Maria Alberta Menéres será homenageada e onde será, também, apresentado este livro e este álbum.

SOBRE O LIVRO
Maria Alberta Menéres, com a sua imaginação, conversa em versos, inventa mundos, imagens, amigos, inventa perguntas e respostas, transporta a sua Poesia para o mundo das crianças eternas, e no tempo interno de cada uma, provoca um espanto novo.

Em 1968 foi publicada a primeira edição deste livro. Foi o começo de uma vida literária cheia de aventuras, dedicada ao universo infantil. Esta nova edição, agora completada musicalmente e com novas ilustrações, nasceu da própria musicalidade natural dos poemas, e da vontade de renovar imagens e linguagens.

A poesia infantil de Maria Alberta Menéres é naturalmente musical, inquietante, inspiradora, transversal ao tempo, atual, estimulante, convida a novas leituras, imagens e sons.

Através da sua Poesia infinitamente bela e voadora, sentimos que estamos num outro lugar, mas afinal esse lugar é aqui. Deixa-nos sempre uma nova ideia, imaginada, onde nem nos sonhos se revela, tão nítida, a memória das palavras mágicas.

A AUTORA
Maria Alberta Menéres nasceu em 1930, em Vila Nova de Gaia. Tem uma vasta obra poética, estando representada em várias antologias literárias nacionais e estrangeiras. Foi professora dos Ensinos Básico e Secundário nas disciplinas de Língua Portuguesa e História. É autora de inúmeros programas televisivos para crianças, tendo sido Diretora do Departamento de Programas Infantis e Juvenis da RTP de 1974 a 1986. Publicou mais de 69 livros para crianças (contos, poesia, BD, teatro e novela). Em 1986, recebeu o Grande Prémio Calouste Gulbenkian de Literatura para Crianças "pelo conjunto da sua obra literária e pela manutenção de um alto nível de qualidade".

Mais informações em mariaalbertameneres.blogs.sapo.pt e www.eugeniameloecastro.com.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK