2016-10-06

São Luiz recebe celebração de 20 anos de livros de Valter Hugo Mãe

Evento no próximo sábado, dia 8 de outubro, recebe também a apresentação do novo romance em Lisboa.

Partilhar:

Depois do sucesso do evento que, no domingo, levou mais de 1300 pessoas à Casa da Música, no Porto, às várias sessões de comemoração dos 20 anos de edição de Valter Hugo Mãe, o Teatro Municipal de São Luiz, em Lisboa, recebe, no próximo sábado, um evento de contornos semelhantes, que culmina com a apresentação do novo romance do escritor.


O dia começa com duas iniciativas dedicadas às crianças: horas do conto intituladas O homem que mentia aos pássaros, às 11:00 e 12:00, por Adélia Carvalho. Às 14:30, apresenta-se Nenhuma palavra é exata (organizado por Carlos Nogueira, edição Porto Editora), um volume de ensaios académicos dedicados à obra do autor. Às 16:30, a sala principal do teatro, recentemente batizada Sala Luís Miguel Cintra, recebe a apresentação do novo romance de Valter Hugo Mãe, Homens imprudentemente poéticos. Esta sessão vai ser ainda pontuada por vários momentos especiais: uma participação musical de Márcia e de Ana Bacalhau, leituras de excertos do livro pelo ator Pedro Lamares e a apresentação de um trailer de O Sentido da Vida, o futuro filme de Miguel Gonçalves Mendes (realizador de José e Pilar), dedicado à passagem de Valter Hugo Mãe pela “floresta dos suicidas”, no Japão.

Nesta festa de comemoração há também uma lembrança especial para todos os participantes: uma edição bilingue comemorativa destes 20 anos de edição, que inclui um conto inédito do autor. Os bilhetes (gratuitos) já se encontram disponíveis para levantamento (e até ao próprio dia) no Teatro São Luiz. Mais informações em portoeditora.pt/vhm20anos.

O NOVO ROMANCE


Três anos depois de A Desumanização, obra aclamada por leitores e críticos de vários países, e numa altura em que assinala 20 anos de percurso literário, Valter Hugo Mãe regressa com Homens imprudentemente poéticos.

Ao sétimo romance, motivado pela tradição japonesa da honra e da espiritualidade, Valter Hugo Mãe apresenta uma visão deslumbrante do mais inspirador Oriente. Na esteira da herança de Wenceslau de Moraes, Hugo Mãe procura auscultar o Japão para entender a beleza dos seus modos – a profundidade da cultura e da sua prudência poética.

Segundo o poeta José Tolentino Mendonça, este novo livro constitui «uma luminosa parábola que fica a reverberar muito tempo depois». Já o romancista Richard Zimler considera que «as fascinantes personagens deste romance vivem num Japão que é ao mesmo tempo mitológico e íntimo, criado pela imaginação prodigiosa e profundamente poética do autor».

SINOPSE

Num Japão antigo o artesão Itaro e o oleiro Saburo vivem uma vizinhança inimiga que, em avanços e recuos, lhes muda as prioridades e, sobretudo, a capacidade de se manterem boa gente.

A inimizade, contudo, é coisa pequena diante da miséria comum e do destino.

Conscientes da exuberância da natureza e da falha da sorte, o homem que faz leques e o homem que faz taças medem a sensatez e, sobretudo, os modos incondicionais de amarem suas distintas mulheres.

Valter Hugo Mãe prossegue a sua poética ímpar. Uma humaníssima visão do mundo.


O AUTOR

Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou seis romances: A desumanização; O filho de mil homens; a máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadores; o remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobos e O paraíso são os outros. A sua poesia foi reunida no volume contabilidade, entretanto esgotado. Publica as crónicas Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK