Todo o ar que nos rodeia

Formatos disponíveis
16,60€ I
14,94€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
16,60€ I
14,94€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

«No sábado, foi encontrado um homem morto numa gruta na floresta de Sörskogen. Apresentava cortes graves no rosto e no peito, e a polícia acredita que foi assassinado com um machado.»
A notícia tem duas décadas e está esquecida numa folha de jornal utilizada para embrulhar as delicadas peças do serviço de loiça da mãe de Tom. Quando, por ocasião do aniversário de Karin, ele vai ao sótão dos pais para as levar consigo, encontra-a e a curiosidade nasce.
Partindo da pouca informação que tem, Tom Malmquist iniciará a sua própria investigação para descobrir tudo o que puder sobre Mikael K, o homem brutalmente assassinado duas décadas antes. Quem o matou? E porquê? Mas, enquanto procura respostas para essas e outras perguntas, encontra perturbantes paralelos entre a história investigada e a sua própria vida.
Em Todo o Ar Que Nos Rodeia – uma intrigante história sobre morte, solidão e laços desfeitos – Tom Malmquist regressa ao passado e às personagens que apaixonaram os leitores do seu grande sucesso anterior, o romance Em Todos os Momentos Estamos Vivos.

Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Todo o ar que nos rodeia
ISBN: 978-972-0-03455-7
Edição/reimpressão: 08-2021
Editor: Porto Editora
Código: 03455
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 19 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 280
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Tom Malmquist nasceu em 1978, em Huddinge, na Suécia.
Começou por publicar dois livros de poesia, mas foi o seu primeiro trabalho em prosa que arrebatou a crítica. No romance Em Todos os Momentos Estamos Vivos, publicado em 2015, Tom Malmquist serve-se de episódios autobiográficos para escrever um comovente livro sobre a perda e o luto.
Com direitos vendidos para mais de vinte países, o seu primeiro romance arrecadou prémios como o Karin Boye’s Literary Prize (2015), o Albert Bonnier Scholarship Fund For Swedish Writers (2015), o Dagens Nyheter Culture Prize (2016) e o Stina and Erik Lundberg Foundation Grant (2016). Esteve nomeado para o Nordic Arts Council Prize e, em 2018, foi considerado pelo The New York Times um dos cem livros mais notáveis do ano.
Atualmente, vive em Estocolmo com a filha.
Ver Mais

DO MESMO AUTOR