Terror na Rússia

Terror na Rússia

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN:978-972-0-04118-0
Edição/reimpressão:07-2007
Editor:Ideias de Ler
Código:04118
ver detalhes do produto
17,90€
16,11€
-25%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-25%
24H
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
17,90€
16,11€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO + 15% EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Escrito de forma eloquente e fundamentado em documentos reveladores, este livro traz-nos o violento ataque do antigo oficial do KGB, Alexander Litvinenko, aos seus antigos mentores nos serviços secretos.
Com o apoio do académico Yuri Felshtinsky, Litvinenko expõe o uso dos métodos letais do KGB para catapultar Vladimir Putin para o poder, como um dos mais populares líderes russos alguma vez eleitos.
Um livro explosivo, a que não podemos ficar indiferentes.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Um retrato sugestivo de Putin.
Marcelo Rebelo de Sousa, Sol
"Terror na Rússia" tem matéria suficiente para um, dois ou mesmo três argumentos recheados de acção, à boa maneira de Hollywood.
Paulo F. Silva, Jornal de Notícias
É um livro sobre uma tragédia, a tragédia do povo russo, que não acabou no dia em que a URSS se desintegrou e o comunismo deixou de ser a doutrina oficial do Kremlin.
Jorge Heitor, Público

Yuri Felshtinsky está em Portugal e apresenta o livro escrito com Alexander Litvinenko

O livro Terror na Rússia é lançado amanhã, às 19:30, na FNAC do Centro Colombo, em Lisboa. Yuri Felshtinsky, que o escreveu com Alexander Litvinenko, o ex-espião do KGB envenenado com polónio-210, está em Portugal e apresenta a obra.

Felshtinsky, um académico de 50 anos e especialista em História Russa, ajudou Litvinenko a fugir para o estrangeiro. Na altura, Felshtinsky passou praticamente uma semana dentro de um avião para conseguir certificar-se de que Litvinenko e respectiva família ficavam em segurança. Estiveram na Geórgia, na Turquia e em Espanha, antes de conseguirem entrar em solo britânico. Desde aí, Yuri manteve com Alexander uma relação de grande proximidade, da qual nasceu Terror na Rússia. Falaram pela última vez a 8 de Novembro de 2006, quinze dias antes da morte de Litvinenko num hospital de Londres. Sobre esse momento, Felshtinsky escreveu: «Disse-me que perdera cerca de 15 quilos e que o seu corpo rejeitava quaisquer alimentos ou líquidos (...) Alexander acreditava ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato».

A Ideias de Ler, que publica Terror na Rússia, tem agendada outra cerimónia de lançamento e respectiva conferência de imprensa, mas no Porto. O evento tem lugar na FNAC do Norteshopping, sexta-feira, às 19:30.

Rui Couceiro

Yuri Felshtinsky no lançamento de Terror na Rússia

Livro de Litvinenko é apresentado na FNAC Colombo a 28 de Junho Yuri Felshtinsky vai estar em Portugal para apresentar Terror na Rússia, livro que escreveu com Alexander Litvinenko, o ex-espião do KGB envenenado com polónio-210, e que a Ideias de Ler publica. Os lançamentos e respectivas conferências de imprensa têm lugar a 28 de Junho, na FNAC Colombo (Lisboa), e a 29, na FNAC Norteshopping (Porto), em ambos os casos às 19:30.

Felshtinsky é um académico de 50 anos que ajudou Litvinenko a fugir para o estrangeiro e que manteve com ele uma relação de grande proximidade. Falaram pela última vez a 8 de Novembro de 2006, quinze dias antes da morte de Litvinenko num hospital de Londres. Sobre esse momento, Felshtinsky escreveu: «Disse-me que perdera cerca de 15 quilos e que o seu corpo rejeitava quaisquer alimentos ou líquidos (...) Alexander acreditava ter sobrevivido a uma tentativa de assassinato».

Título: Terror na Rússia – Revelações de um ex-espião do KGB
Autor(a): Alexander Litvinenko e Yuri Felshtinsky
N.º de Págs.: 352
PVP: 16,60 €

Rui Couceiro

Banidas na Rússia, memórias do espião envenenado chegam a Portugal pela Ideias de Ler

Da autoria do próprio Alexander Litvinenko e de Yuri Felshtinsky, um académico que o ajudou a fugir do seu país, Terror na Rússia é lançado pela Ideias de Ler no próximo mês. Banido pelo Kremlin, este livro apresenta acusações ao Governo de Putin, corroboradas por documentos oficiais.

Um dos temas centrais da obra, aparte a fuga do espião do seu país de origem para o estrangeiro, é a transmutação do KGB até ao actual FSB. Os autores sustentam a ideia de que os antigos serviços secretos russos se transformaram numa rede de vários organismos concebidos para o branqueamento de crimes. O objectivo seria a manutenção da alegada autoridade corrupta no seio do governo russo.

Este livro é a versão completa e definitiva de um outro editado nos Estados Unidos. Terror na Rússia: Revelações de um ex-espião do KGB apresenta documentos, transcrições de conversas, de entrevistas e de conferências de imprensa. Na opinião dos autores, esses dados comprovam a veracidade dos pormenores revelados e constituem um poderoso ponto de partida para uma investigação verdadeiramente imparcial. A edição americana, há muito esgotada, chegou a estar à venda na Internet por valores 20 e 30 vezes superiores ao preço de capa.

A recusa da participação no assassinato de Boris Berezovsky, pormenores ligados à guerra na Chechénia e ao funcionamento alegadamente obscuro do governo russo presentes na edição americana (e agora na portuguesa) são por muitos apontados como a razão do envenenamento de Alexander Litvinenko.

A obra inclui, ainda, a missiva escrita pelo espião dissidente 48 horas antes de morrer, em que Litvinenko acusa Vladimir Putin, Presidente Russo e também ele ex-espião do KGB, de ser o responsável pelo envenenamento.

Rui Couceiro

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Interessante e revelador
Jose Lopes |13.07.2015
Um livro que nos dá um visulmbre de como funcionam os bastidores das secretas russas, fundamentada em diversos documentos. Escrito de forma cativante e fatual, é claramente um livro a não perder para quem aprecia o género.

DETALHES DO PRODUTO

Terror na Rússia
ISBN:978-972-0-04118-0
Edição/reimpressão:07-2007
Editor:Ideias de Ler
Código:04118
Idioma:Português
Dimensões:150 x 235 x 25 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:352
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Política > Política Internacional

sobre os autores

Alexander Litvinenko nasceu em Voronezh, em 1962. Após concluir os estudos em 1980, foi mobilizado para o exército e, nos vinte anos que se seguiram, subiu de soldado raso para tenente-coronel.
A partir de 1988, serviu nas agências de contraespionagem do KGB soviético e, depois de 1991, integrou os quadros do MB-FSK-FSB da Rússia, especializando-se na ação antiterrorista e no combate ao crime organizado.
Depois de a sua família sofrer ameaças do FSB e dos investigadores, foi obrigado a abandonar ilegalmente a Rússia, o que levou a que lhe instaurassem um quarto processo penal.
Viveu com a família na Grã-Bretanha, onde lhe foi concedido asilo político, em maio de 2001.
Em novembro de 2006 foi envenenado em Londres com Polónio-210, tendo falecido no dia 23 do mesmo mês.
Ver Mais
Yuri Felshtinsky nasceu em Moscovo, em 1956. Em 1974, iniciou os estudos em História no Instituto Pedagógico Estatal de Moscovo. Em 1978, emigrou para os Estados Unidos da América e prosseguiu os estudos em História, primeiro na Universidade Brandeis e mais tarde em Rutgers, onde obteve o doutoramento em História.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK