Rumo ao Mar Branco

Rumo ao Mar Branco

Malcolm Lowry
Formatos disponiveis
16,60€
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
16,60€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Rumo ao Mar Branco foi o mais extenso e ambicioso projeto a que Malcolm Lowry se dedicou na década de 1930. Com múltiplas referências autobiográficas, o romance conta a história de um estudante de Cambridge, ex-marinheiro, que aspira a tornar-se escritor - embora esteja convencido de que a sua obra (e em certa medida toda a sua vida) já se encontra escrita, pela mão de um romancista norueguês com quem não pode competir. Esta seria a peça correspondente ao «Paraíso» na trilogia de inspiração dantesca que Malcolm Lowry planeara escrever e da qual Debaixo do Vulcão, considerada a sua obra-prima, representaria o «Inferno». Julgado perdido num incêndio que devastou a casa do autor em 1944, Rumo ao Mar Branco foi finalmente publicado em 2014, após a descoberta de que uma cópia de um primeiro manuscrito tinha resistido e se encontrava na posse da família da sua primeira mulher, Jan Gabrial, a quem o livro é dedicado. Esta edição conta com tradução e prefácio de Daniel Jonas.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Rumo ao Mar Branco
de Malcolm Lowry
Edição/reimpressão:04-2016
Editor:Livros do Brasil
Dimensões:152 x 235 x 24 mm
Encardenação:Capa mole
Páginas:352
Coleção:Dois Mundos
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance

sobre Malcolm Lowry

Malcolm Lowry
Malcolm Lowry nasceu em 1909 no noroeste de Inglaterra, próximo de Liverpool. Concluiu a sua formação em Cambridge em 1932 e viveu os anos que se seguiram entre Londres, Paris, Nova Iorque, México e Los Angeles, acabando por se fixar em 1939 na província canadiana da Colúmbia Britânica. Poeta e romancista, publicou apenas dois títulos em vida: em 1933 Ultramarina e em 1947 Debaixo do Vulcão, aquela que é considerada a sua obra maior e um dos mais importantes romances do século XX. Malcolm Lowry teve uma vida intensa e curta: morreu em 1957, na aldeia de Ripe, Sussex, Inglaterra, após ingerir uma dose excessiva de álcool e comprimidos.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK