Revolução Paraíso

Revolução Paraíso

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
Formatos disponiveis
16,60€
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
16,60€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Alternando realidade e ficção, um romance que nos transporta aos agitados dias da pós-revolução: o retrato de um país que, entre o PREC e as eleições livres, procura um novo rumo.

Enquanto nas ruas se decide o futuro de um país, na tipografia de Adamantino Teopisto vive-se um misto de enredo queirosiano, suspense de um policial e ternura de uma novela: com sabotagens, amores proibidos e cabeças a prémio; tudo num ambiente de revolução apaixonado.
O rebuliço generalizado tem repercussões no alinhamento do jornal e no dia a dia das gentes de São Paulo e do Cais do Sodré.
A revolução é o tópico das conversas nas tascas, nas ruas, no prédio da Gazela Atlântica, contribuindo para o exacerbar das tensões latentes entre o patrão Adamantino e os funcionários. A vivacidade de uma estagiária, as manigâncias de um ex-PIDE foragido, os comentários de um taberneiro e as intromissões de um proxeneta e de uma prostituta, agravam ainda mais a desordem ameaçadora que paira no ar.
Nada foi igual na vida dos portugueses após a Revolução dos Cravos. Nada foi igual na vida da "família" Gazela Atlântica após o 25 de Abril.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Esperava mais
Sónia |10.06.2013
A vertente mais "valiosa" (informação histórica) desta obra acaba por ser um ponto a desfavor. Ou seja, o livro teria muito mais a ganhar se o equilíbrio entre o real e a ficção tivesse sido "oleado" de outra forma. A dada altura, deu-me a sensação de que lia dois livros num só. Foi por isso que não gostei tanto deste livro como pensei que iria gostar. O factor "expectativa" também deve ser tomado em linha de conta e as minhas eram elevadas. Pese embora os aspectos que referi anteriormente, Paulo M. Morais é um autor que irei seguir. Gostei da escrita, do toque de humor bastante peculiar em certas passagens e do trabalho de bastidores que já referi atrás. Se certos pormenores forem limados, daqui a uns anos, dará que falar pelos melhores motivos.
Muito bom
Orlando Miguel Figueiredo |23.04.2013
A prova que vale a pena apostar nos novos escritores

DETALHES DO PRODUTO

Revolução Paraíso
Edição/reimpressão:04-2013
Editor:Porto Editora
Dimensões:153 x 235 x 25 mm
Encardenação:Capa mole
Páginas:360
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance
Paulo M. Morais nasceu em Fevereiro de 1972 e cresceu nos arredores de Lisboa entre futebóis de rua, livros de aventuras e matinés de filmes clássicos. Licenciado em Comunicação Social, trabalhou como jornalista em imprensa e multimédia. Cumpriu um sonho de jovem ao fazer crítica de cinema no portal Terravista. Em 2005, pôs uma mochila aos ombros e partiu para dar a volta ao mundo. Oito meses depois, ao regressar, especializou-se nos temas de gastronomia e viagens. Quando finalmente se aventurou na escrita de romances, descobriu uma nova paixão. E nunca mais conseguiu deixar de inventar personagens e ficcionar histórias.

Em Abril de 2013, publica Revolução Paraíso, pela Porto Editora. Em Novembro de 2014 chega a vez de Estrada de Macadame, o seu primeiro romance inédito, ser lançado pela Coolbooks. Actualmente, entre outros projectos como o Colectivo NAU – Novos Autores Unidos, está a escrever um Romance Passageiro nas redes sociais, obra de ficção interactiva sem rumo ou final pré-definidos.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK