Por Ladrar Noutra Coisa

Diário de uma Bitch

Formatos disponíveis
15,50€ I
13,95€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
15,50€ I
13,95€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Zaya foi maltratada, abandonada e presa a uma árvore, resgatada e colocada no canto mais recôndito de um canil, onde os pitbulls e outros cães "perigosos" ficam até morrer. Mas o destino levou até aquele lugar um ser bondoso e extremamente belo*, que a adotou. Agora, com novos donos, nova casa, nova vida... tudo mudou! As relações com outros animais, o seu ódio de estimação por gatos, a vida como influencer, o estranho modo de viver dos humanos, tudo é relatado no diário que alimenta. E já que falamos em alimentar: para a Zaya, bacon é vida.

Por Ladrar Noutra Coisa – Diário de uma bitch é um registo sarcástico e bem-humorado do mundo canino e humano, segundo o ponto de vista de uma cadela que, para além de comer e dormir, gosta de escrever coisas inconvenientes.

*O humorista Guilherme Duarte. Os adjetivos usados são da Zaya.

Ajude-nos a ajudar. Por cada livro vendido serão doados 0.50€ à SOS Animal. A Zaya e o Guilherme Duarte ficam muito felizes.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

O Guilherme Duarte é um Dr. Doolittle da era moderna. Já lhe conhecíamos a verve a meter dedos em feridas várias da sociedade – entre elas, a maneira lamentável como a bicharada ainda é tratada neste país –, mas o seu talento como intérprete de cães também é de louvar. Não sei que milagre é que ele operou para aqui, mas a verdade é que rapidamente me desfiz da ideia de que isto era um livro dele a fazer-se passar pela sua cadela; ao fim de poucas linhas, este é claramente o livro da Zaya. E, tal como acontece com a obra do humano que cuida dela, as palavras da Zaya são um cocktail explosivo de sarcasmo, corrosão, acutilância e humanidade. É um Por Falar Noutra Coisa arraçado de Disney-Pixar, um desenho animado de palavras que chega não apenas a quem gosta e conhece os animais, mas também
a quem, não tendo animais, tem inegável fascínio pela maneira como funcionam os humanos.
Nuno Markl, Prefácio

DETALHES DO PRODUTO

Por Ladrar Noutra Coisa
ISBN: 978-989-740-105-3
Edição/reimpressão: 10-2020
Editor: Ideias de Ler
Código: 03343
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 240
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Humor
Guilherme Duarte tem 36 anos e há quem lhe chame humorista, mas é porque hoje em dia as pessoas riem-se com pouco. Licenciou-se em Engenharia Informática, curso que, para desgosto dos pais, só usa para atualizar os seus sites (dizem que era bom informático, se calhar foi um erro ter-se despedido). Cedo percebeu que o humor era a melhor forma de desarmar assaltantes na Buraca e, em 2014, criou o blogue Por Falar Noutra Coisa, onde resolveu escrever umas coisas (por acaso, foi eleito o melhor blogue de 2016; as pessoas não têm mesmo critérios…). Faz stand-up comedy tanto em grandes teatros como em bares manhosos (em ambos os casos, é aplaudido por meia dúzia de bêbados). É coautor da série de sketches Falta de Chá (qualquer pessoa põe coisas no YouTube e acha-se logo uma vedeta, mas por acaso foi emitido na SIC Radical) e do podcast Sem Barbas na Língua (ouvido por mais ou menos duas pessoas). É cronista do SAPO 24 e autor de uma rubrica de humor nas manhãs Antena 3 (sempre à hora em que os ouvintes mudam de estação). Faz o jantar e lava a loiça enquanto a namorada vê a novela, e depois vai passear a sua cadela Zaya (vá, faz alguma coisa de jeito).
Escreveu já quatro livros (um dos quais com o pseudónimo Doutor G), sendo o último, Por Ladrar Noutra Coisa – Diário de uma bitch, o melhor de todos (porque, na verdade, foi escrito pela Zaya).
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK