Poesia - Umberto Saba

Poesia - Umberto Saba

ISBN: 978-972-37-1340-4
Edição/reimpressão: 10-2010
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79034
ver detalhes do produto
23,00€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
23,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Herdeira de uma tradição poética classicista com origem em Dante, na qual se podem incluir autores como Petrarca, Parini,Manzoni, Leopardi e o Foscolo dos sonetos, das odes e de Dei sepolcri, a poesia de Saba é a procura persistente de uma perfeição e coerência formais com que cobrir a aspereza do vivido e do sentido, com as suas contradições, a sua incompletude, as suas consequências.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Poesia - Umberto Saba
ISBN: 978-972-37-1340-4
Edição/reimpressão: 10-2010
Editor: Assírio & Alvim
Código: 79034
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 204 x 27 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 432
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Poesia

sobre Umberto Saba

Umberto Saba, cujo nome civil eraUmberto Poli, nasceu em Trieste em 9 de Março de 1883, filho de Ugo Edoardo Poli, descendente de uma nobre família veneziana, os Condes Arrivabene, e de Felicita Rachele Coen, judia, pertencente a uma família demodestos comerciantes do gueto triestino. Saba, que é um convicto intervencionista e irredentista (embora mais tarde se tenha arrependido das suas posições no que toca à intervenção, nomeadamente de um violento artigo escrito contra o neutralismo do compositor Giacomo Puccini) toma parte na guerra de 1914-18, mas na retaguarda, exercendo funções administrativas.Depois da guerra volta a Trieste, e com a ajuda de uma tia, de nome Regina, que já o tinha ajudado anteriormente, abre uma livraria antiquária na Via S. Nicolò, número 30, ainda hoje existente, onde passou amaior parte dos seus dias, dedicando-se ao comércio de alfarrabista e de livreiro antiquário, e que foi lugar habitual de encontro de escritores e figuras da vida intelectual triestina, tendo, como casa editora, publicado vários livros do poeta. Em 1921 sai a primeira edição de Il Canzoniere. A obra, aumentada comos livros que iamsendo publicados, e sempre reestruturada, com alterações e supressões feitas pelo autor teve reedições, em vida de Saba, em 1945, 1948, 1951 e 1957, sendo esta considerada a edição definitiva.
Ver Mais

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!