País Possível (eBook)

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
8,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
8,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

Escrito em 1973, este é um livro que permanece extremamente atual e que possui uma indubitável unidade temática: «a do mal-estar de um homem que ao longo da vida, tem pagado caro o preço por ter nascido em Portugal», tal como afirma o próprio Ruy Belo na sua nota introdutória. Estamos pois perante um volume que aborda Portugal como um país real, não mítico ou mitificado, ou então como um país ainda irreal, mas que depois de tornado real, tende a tornar-se impossível. Nas próprias palavras de Ruy Belo: «Portugal, país que só existe em pensamento».  

O prefácio da presente edição é de Nuno Júdice. 

Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Portugal: o País Possível
AS | 2016-09-10
Neste livro o autor descreve e exalta pontos característicos de um Portugal que nos é muito próximo e que ele vê e descreve num misto de emoções. Por um lado com doçura: a forma de ver as nossas casas, os comboios que nos ligam, certas profissões que sendo profundamente portuguesas são de uma enorme dureza, como o caso dos pescadores...Por outro lado, há neste livro uma amargura do autor, pela forma como este país tão belo e maravilhoso e as suas gentes, vivem ainda longe de uma valorização e qualidade de vida merecidas. Achei o livro muito bonito e recomendo a sua leitura.

DETALHES DO PRODUTO

País Possível (eBook)
ISBN: 978-972-37-1874-4
Edição/reimpressão: 06-2016
Editor: Assírio & Alvim
Código: 68691
Idioma: Português
Páginas: 96
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Poesia

sobre Ruy Belo

Ruy Belo nasceu em Rio Maior a 27 de fevereiro de 1933. Licenciou-se em Filologia Românica e Direito pela Universidade de Lisboa, mais tarde doutorando-se em Direito Canónico pela Universidade de S. Tomás de Aquino, em Roma. Lecionou no ensino secundário e foi leitor de português na Universidade de Madrid. Abarcando a crítica irónica da realidade social e a denúncia das diversas problemáticas que equacionam o ser humano, desde a sua vivência espiritual e religiosa até ao envolvimento concreto e existencial, a sua poesia é um dos maiores marcos na literatura portuguesa. Destacam-se os livros Aquele Grande Rio Eufrates (1961), País Possível (1973) ou Toda a Terra (1976). Morreu precocemente, vítima de um edema pulmonar, a 8 de agosto de 1978.
Ver Mais

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!