O que é que aconteceu na terra dos Procópios?

Maria Alberta Menéres; Ilustração: Marta Madureira
ISBN: 978-972-0-72908-8
Edição/reimpressão: 03-2018
Editor: Porto Editora
Código: 72908
ver detalhes do produto
13,30€ I
10,64€ I
-30%
EM
STOCK
COMPRAR
-30%
EM
STOCK
13,30€ I
10,64€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO + 10% EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H

SINOPSE

Nesta peça de teatro infantil em um ato, a animação e as descobertas são constantes.

As figuras — algumas bem estranhas! — com quem os Procópios se vão encontrando vão ajudá-los (a eles e ao leitor) a entender a magia das pequeninas coisas de todos os dias: um copo transparente, uma vulgar cadeira de madeira, um misterioso saco de estopa…

Aqui fica um segredo para quem a quiser representar: todas as poesias e lengalengas que aparecem ao longo do texto teatral ganham muito se para elas inventarem uma música "ao vosso jeito"!
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O que é que aconteceu na terra dos Procópios?
ISBN: 978-972-0-72908-8
Edição/reimpressão: 03-2018
Editor: Porto Editora
Código: 72908
Dimensões: 198 x 247 x 10 mm
Encadernação: Capa dura
Páginas: 64
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Infantis e Juvenis > Livros Infantis de Ficção > Infantil (6 a 10 anos)
Maria Alberta Menéres nasceu em Vila Nova de Gaia, em 25 de agosto de 1930. Licenciada em Ciências Histórico-Filosóficas pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, foi professora do Ensino Técnico, Preparatório e Secundário, nas disciplinas de Língua Portuguesa e História. Organizou a Antologia da Poesia Moderna Portuguesa (1940/1967), em 1976, e, dois anos mais tarde, a Novíssima Antologia da Moderna Poesia Portuguesa, em parceria com o poeta E. M. de Melo e Castro.
De 1974 a 1986, foi Diretora do Departamento de Programas Infantis e Juvenis da RTP, tendo sido autora e produtora de inúmeros programas. Foi Assessora do Provedor de Justiça, de 1993 a 1998, sendo da sua responsabilidade as primeiras linhas de apoio a crianças e idosos em Portugal. Criadora do conceito e responsável pelo nome do "Pirilampo Mágico", foi autora, durante seis anos, das letras das canções dessa campanha solidária que dura até hoje.
Maria Alberta Menéres é autora de mais de 100 livros infantis e juvenis, muitos publicados pelo Grupo Porto Editora, com merecido destaque para Ulisses, que conta já com 45 edições e mais de um milhão de exemplares vendidos. Fez traduções, adaptações, dezenas de peças de teatro, para além de uma sólida obra de poesia adulta. Em 1986 recebeu o Grande Prémio Gulbenkian de Literatura para Crianças, «pelo conjunto da sua obra literária e a manutenção de um alto nível de qualidade». Em 2010, foi agraciada com a Condecoração da Ordem de Mérito Civil no grau de Comendador.
Faleceu em Lisboa, a 15 de abril de 2019, com 88 anos de idade.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK