O Livro dos Segredos

Formatos disponíveis
14,40€ I
12,96€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
14,40€ I
12,96€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I Em stock - Envio 24H

SINOPSE

«A reminiscência é uma forma de encontro.
O esquecimento é uma forma de liberdade.»

Kahlil Gibran, um dos pensadores mais aclamados de todos os tempos, reflete neste livro sobre os grandes mistérios da vida.
Com a sensibilidade e a profundidade que as suas palavras conseguem transmitir, Gibran conduz-nos por um caminho interior onde tudo faz sentido. Percorrendo os enigmas maiores, partilha a sua sabedoria sobre o bem e o mal, a vida e a morte, as aparências e a realidade, os altos e baixos do labirinto da humanidade.
Ao escrever sobre estas questões que tanto nos atormentam como nos deslumbram, o autor oferece respostas que não podem ser proferidas em voz alta, mas apenas reconhecidas e confirmadas aos olhos da experiência individual de cada leitor.
Deixe-se inspirar e entregue-se sem medo a uma autêntica viagem espiritual.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O Livro dos Segredos
ISBN: 978-989-739-093-7
Edição/reimpressão: 10-2020
Editor: Albatroz
Código: 03366
Idioma: Português
Dimensões: 142 x 210 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 212
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Desenvolvimento Pessoal e Espiritual > Autoajuda > Livros > Livros em Português > Desenvolvimento Pessoal e Espiritual > Espiritualidades
Kahlil Gibran (Djubran Kahlil Djubran) nasceu em 1883 em Bcharré, uma aldeia maronita cristã nas montanhas do Norte do Líbano. A sua infância foi de uma pobreza extrema e, em 1895, emigrou para os EUA com a mãe e os irmãos. Vivia com a família nos bairros degradados de Bóston quando o seu talento artístico chamou a atenção do fotógrafo e editor Fred Holland. Através de Holland, Kahlil começou a frequentar os círculos literários e artísticos de Bóston. Regressou ao Líbano para terminar os seus estudos e partiu em 1908 para Paris, onde estudou com Auguste Rodin. Em 1912 mudou-se para Nova Iorque, onde se dedicou à pintura e escreveu para alguns jornais árabes. Desde a publicação das suas primeiras obras, foi considerado uma figura de grande importância na literatura árabe moderna. Com a publicação de O Profeta, em 1923, a sua reputação literária ficou definitivamente estabelecida. Faleceu em 1931.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK