Era uma vez em Hollywood

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
19,90€ I
15,92€ I
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
19,90€ I
15,92€ I
COMPRAR
I 20% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

SINOPSE

Rick Dalton, ator de Hollywood, não está na melhor fase da sua carreira. Após vários anos em que protagonizou grandes êxitos cinematográficos, surgiu uma nova estrela: Steve McQueen. Agora, Dalton recebe apenas papéis em séries de televisão e produções europeias.
Sempre a seu lado, Cliff Booth, o seu duplo e fiel assistente. Juntos, protagonizam uma história em que descobrimos a Hollywood de finais dos anos 60 e em que aparecerão personagens tão díspares como Charles Manson, Roman Polansky ou Sharon Tate.
Reconhecido em todo o mundo como um realizador de culto, Quentin Tarantino marca a sua estreia na literatura de forma igualmente brilhante, com uma reinvenção magistral do filme que recebeu 10 nomeações para os Óscares.
O romance de estreia de Quentin Tarantino, inspirado no seu aclamado filme.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Grande estreia na literatura
Gabriel Valente | 2021-11-16
Vê-se claramente que Tarantino se divertiu a escrever este livro. Apesar de por vezes se perder a descrever os inúmeros pormenores de Hollywood no final dos anos 60, é um romance com os característicos diálogos a que o autor nos habituou no cinema, tornando-o no objecto de uma leitura fácil e fluída. Acrescenta uma série de pormenores e background das personagens que convida novas visualizações do filme.

DETALHES DO PRODUTO

Era uma vez em Hollywood
ISBN: 978-972-0-03496-0
Edição/reimpressão: 11-2021
Editor: Porto Editora
Código: 03496
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 235 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 340
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Com a sua imaginação delirante e dedicação à escrita de narrativas complexas, Quentin Tarantino é um dos cineastas com maior projeção internacional da atualidade.
A sua estreia como realizador teve lugar em 1992, com Cães Danados. A seguir, coescreveu, realizou e protagonizou Pulp Fiction, com o qual conquistou o seu primeiro Óscar para Melhor Argumento. Seguiram-se os aclamados Jackie Brown, Kill Bill 1 e 2, À Prova de Morte, o seu filme épico sobre a II Guerra Mundial, Sacanas Sem Lei, Django Libertado (com o qual conquistou o seu segundo Óscar para Melhor Argumento), e Os Oito Odiados.
O seu filme mais recente, Era Uma Vez em Hollywood, brilhantemente reinventado no seu romance de estreia, foi nomeado para 5 Globos de Ouro, 10 BAFTA e 10 Óscares da Academia.
Ver Mais