Em causa: aprender a aprender

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
ISBN: 978-972-0-34934-7
Edição/reimpressão: 10-2011
Editor: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Código: 34934
ver detalhes do produto
5,00€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
5,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H

SINOPSE

De facto, quem se inebria com a expressão "aprender a aprender" parte de um erro que se pode separar o conhecimento factual da atitude para o adquirir. Como se podem transmitir atitudes em abstracto sem objectos que as exijam e sobre os quais elas atuam?
Carlos Fiolhais, FFMS (in Prefácio)

Se é professor, recorde-se que se promover o uso de testes ou exercícios frequentes na sala de aula que impliquem uma recuperação ativa dos conhecimentos e feedback está a desenvolver a aprendizagem dos seus alunos e a possibilidade de a transferirem para outros contextos.
Paula Carneiro, Universidade de Lisboa
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Aprender melhor
Olímpio Olegário Mendes Tavares | 2018-11-08
Um bom livro. Fundamentado cientificamente. Um importante apoio para professores de todos os níveis. Desafia a nossa forma tradicional de ensinar, propõe metodologias inovadores. Quem quiser inovar, tem aí um bom instrumento.
Ensinar e aprender
madalena | 2015-03-21
Ensinar e aprender nem sempre são tarefas fáceis e nem sempre andam juntas. Muitas vezes há um grande esforço por parte de um professor para passar uma informação, mas nem sempre esta chega ao destinatário como desejado. E porque? E porque é que os alunos "reclamam" da exigência? Há que haver uma predisposição... Importa deixar claro que a exigência é fundamental e que permite generalizar conhecimentos e é uma aprendizagem para a vida.

DETALHES DO PRODUTO

Em causa: aprender a aprender
ISBN: 978-972-0-34934-7
Edição/reimpressão: 10-2011
Editor: Fundação Francisco Manuel dos Santos
Código: 34934
Idioma: Português
Dimensões: 144 x 209 x 7 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 96
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Ensino e Educação > Teorias Educacionais e Currículo
Carlos Fiolhais nasceu em Lisboa em 1956. Licenciado em Física na Universidade de Coimbra e doutorado em Física Teórica na Universidade Goethe, em Frankfurt, Alemanha, em 1982, é professor catedrático de Física na Universidade de Coimbra. Foi professor convidado em universidades de Portugal, Brasil e Estados Unidos. Publicou mais de 30 livros, incluindo Física Divertida, Computadores, Universo e Tudo o Resto e A Coisa Mais Preciosa que Temos (Gradiva); Ciência a Brincar (Bizâncio); manuais escolares de Física e de Química (Gradiva e Texto Editores); Roteiro de Ciência e Tecnologia (Ulmeiro) e Fundamentos de Termodinâmica do Equilíbrio (Gulbenkian). É autor de cerca de 100 artigos científicos em revistas internacionais (um dos quais com 3500 citações) e de mais de 300 artigos pedagógicos e de divulgação. Participou em inúmeros encontros, conferências e ações promovendo a ciência e a cultura científica. Criou o portal de ciência www.mocho.pt. Ganhou em 1994 o Prémio União Latina/JNICT de tradução científica. Ganhou o Globo de Ouro de Mérito e Excelência em Ciência de 2004 atribuído pela televisão SIC e pela revista Caras em 2005.
Investiga Física da Matéria Condensada e História das Ciências. Foi fundador e diretor do Centro de Física Computacional da Universidade de Coimbra, onde instalou o maior computador português para cálculo científico (Centopeia). Dirige a revista Gazeta de Física da Sociedade Portuguesa de Física e é membro da comissão editorial das revistas Europhysics News, da Sociedade Europeia de Física, e Física na Escola e Revista Brasileira do Ensino da Física, da Sociedade Brasileira de Física.
Foi diretor da Biblioteca Geral da Universidade de Coimbra.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK