A Seita (eBook)

avaliação dos leitores (13 comentários)
(13 comentários)
Formatos disponíveis
9,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
9,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

James e os seus colegas infiltram-se num culto australiano, Os Sobreviventes, depois de descobrirem indícios de uma potencial ligação ao grupo terrorista Ajudem a Terra.
O quartel-general do culto está completamente isolado no deserto australiano, a vários quilómetros da cidade mais próxima.
É a missão mais difícil até ao momento, porque James será obrigado a obedecer às rígidas regras por que o culto é famoso e resistir às técnicas de lavagem cerebral que usa para cativar os seus seguidores.
Desta vez, James não só terá de combater terroristas, mas também lutar para preservar a sua própria sanidade.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Cativantes
Sandra Severiano Inácio | 2017-04-22
Comprei a colecção toda para meu filho, que os devora um atráz de outro. Por a DT dele me ligar a perguntar sobre o que ele lia, se era bom para ele? uma vez que tem uns títulos um pouco chocantes, comecei também eu a lê-los e digo-vos, são mesmo cativantes, não conseguimos parar de ler. Além disso são também muito instrutivos pois mostram aos jovens as realidades de diversos países, culturas... Aconselho a experimentarem.
AMEI
Rui Fernandes | 2017-03-29
Foram os livros que mais me cativaram em toda a minha vida. amei esta série de livros. Os meus parabéns a Robert Muchamore.

DETALHES DO PRODUTO

A Seita (eBook)
ISBN: 978-972-0-68296-3
Edição/reimpressão: 08-2013
Editor: Porto Editora
Código: 68296
Coleção: Cherub
Idioma: Português
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
Robert Muchamore nasceu a 26 de dezembro de 1972, em Islington, Inglaterra. Trabalhou durante treze anos como detetive privado, mas abandonou a profissão para se dedicar à escrita a tempo inteiro. Costuma levar quatro a cinco meses a escrever um livro, sendo que dedica o primeiro à pesquisa e o segundo à planificação da história. Só depois escreve. Segundo o próprio, tentar escrever aquilo que gostaria de ter lido aos 13 anos de idade foi a principal razão para a criação da coleção CHERUB.
Ver Mais