À Luz Da Sombra

À Luz Da Sombra

ISBN: 978-972-37-1485-2
Edição/reimpressão: 09-2011
Editor: Assírio & Alvim
Código: 78958
ver detalhes do produto
32,50€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
32,50€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«[...] Há uns anos, o Manuel concretizou o velho sonho de infância de ser invisível. Ao desaparecer, para além das recordações, deixou várias bagagens a todos quantos ficaram, incluindo as malas onde guardava com a Lourdes todos os artefactos do Teatro de Sombras. Várias vezes faláramos do desejo de voltar a reunir muitas das sombras que a Lourdes fizera, numa central das sombras que ele ajudaria a projectar. Dá-se agora seguimento a essa ideia, abrindo o museu à luz e às sombras desta exposição. Com a Lourdes, decidimos juntar às suas sombras alguns dos trabalhos que o Manuel antes apresentara, assim como outras marcas do seu fazer que deixara com os amigos.
O pequeno livro onde lêem este texto não é um catálogo; o catálogo, o livro que reúne as obras de um e de outro virá depois: este é apenas um roteiro sucinto destas sombras, desta luz, destas coisas que agora se apresentam de um e de outro. Algumas delas serão vistas pela primeira vez: os adereços e mecanismos do Teatro, o Álbum de Família onde a Lourdes guardou todos os seus conhecimentos das sombras e das suas histórias, o conjunto de pedras pintadas do Manuel. Outras serão a ocasião de um reencontro para alguns, de um primeiro encontro para outros, como as várias declinações da sombra que encontramos nas serigrafias, nos contornos pintados, nos plexiglas recortados, nos lençóis bordados, nas impressões do sol sobre papel heliográfico, nos desenhos, recortes, cartazes, livros e álbuns da Lourdes, ou nessas evidências dos torrões de terra e de uma história secreta da aviação que o Manuel conhecia, ou ainda nessa comprida mesa de madeira com um pano branco onde o nada se inscreve que a Lourdes preparou com o Francisco.
Poderíamos resumir tudo quanto esta breve enumeração anuncia nesse breve comentário que Lourdes Castro dedica à História Fabulosa de Peter Schlemihl, narrada por Adelbert von Chamisso: “O que me atrai: a sombra não ocupar espaço e guardar a sua presença mesmo desligada do corpo que a projectou”. Será também assim que estas sombras e objectos se encontrarão com aqueles que venham visitar a exposição.»
João Fernandes

DETALHES DO PRODUTO

À Luz Da Sombra
ISBN: 978-972-37-1485-2
Edição/reimpressão: 09-2011
Editor: Assírio & Alvim
Código: 78958
Idioma: Português
Dimensões: 171 x 238 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 168
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Livros > Literatura > Ensaios
Artista plástica portuguesa, nasceu a 9 de dezembro de 1930, no Funchal, ilha da Madeira. Frequentou aí a Escola Alemã na década de 1930. Concluiu o curso na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa em 1956. Expôs individualmente pela primeira vez em 1955, no Funchal, participando também em algumas exposições coletivas em Lisboa. Parte para Munique em 1957, e pouco depois instala-se em Paris, com René Bertholo. Em 1958, juntamente com René Bertholo, Costa Pinheiro, João Vieira, José Escada, Gonçalo Duarte, Jan Voss e Christo, funda o grupo KWY. Regressou ao Funchal em 1983, onde reside atualmente.

Algumas exposições individuais: Baden-Baden, Stattliche Kunsthalle (1966), Indica Gallery, London (1967), Moderna Galerija, Ljubljana, Akademie der Künste (1971) (com René Bertholo).

Exposições coletivas (seleção): 5.ª Bienal de São Paulo (1959 e 1985); Grupo KWY, Universidade de Saarbrüken, Alemanha; SNBA, Lisboa (1960); 1.ª Bienal de Paris (1961), Diálogo, Fundação Calouste Gulbenkian, CAM, Lisboa (1985), Vraiment faux, Fondation Cartier, Paris (1988). Retrospetiva na Fundação Calouste Gulbenkian em 1992.

Representou Portugal, juntamente com Francisco Tropa, na Bienal de São Paulo em 1998. Em 2000 foi-lhe atribuído o Grande Prémio EDP; e em 2003 realizou uma grande exposição no Museu de Serralves.
Ver Mais