70072: A menina que não sabia odiar (eBook)

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponíveis
11,99€ I
-10%
COMPRAR
-10%
11,99€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Disponibilidade Imediata

SINOPSE

Lidia Maksymowicz tinha três anos quando, em dezembro de 1943, entrou com a mãe no campo de concentração de Auschwitz-Birkenau, onde foi marcada com o n.º 70072. Durante treze meses, sobreviveu àquele inferno como uma das pequenas cobaias de Josef Mengele, conhecido como «o Anjo da Morte».
Em janeiro de 1945, após a libertação, sai de Auschwitz na companhia de uma mulher polaca, que decidiu adotar um dos «órfãos» deixados num local repleto de cadáveres.
É na casa desta mulher que Lidia vive e cresce. No entanto, a pequena sobrevivente não esquece o seu nome nem a mãe biológica: não deixa de acreditar que a mãe está viva, nem de a procurar. E, de forma quase miraculosa, as duas irão reencontrar-se, dezassete anos depois.
Do campo de concentração, Lidia recorda-se do silêncio necessário para sobreviver, sem poder sequer permitir-se uma emoção. Hoje, volvidos quase oitenta anos da sua prisão, dedica-se a preservar a memória do Holocausto, testemunhando «o que foi o Mal e que o Bem pode sempre prevalecer».

Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Impressionante
Maria José | 2023-01-25
Fechem os olhos e imaginem: dezenas de crianças a balançar para trás e para a frente, em cima de tábuas, numa barraca malcheirosa. Olhos enormes, apáticos, nos pequenos corpos maltratados, apenas pele e osso. No seu olhar…nada…nem raiva, nem ódio, nem amor…. nada… Pequenas crianças, bebés … milhares morreram, alguns sobreviveram…e as suas histórias também merecem ser contadas e não devem ser esquecidas. A memória é traiçoeira, Lídia não sabe se o que se recorda foi o que viveu, se foi o que lhe contaram ou vivido por outros. Com outros testemunhos e com as suas memorias fragmentada a sua história foi reconstruída…algumas coisas nunca se saberá…e é assim que tem de ser.. Este livro é a história de vida de Luda, também conhecida como Lídia, uma sobrevivente de Bikernau. Um testemunho duro e impressionante, como o são todos deste período tão negro da nossa história. Lídia, acredita que ao recordar, está a ajudar gerações futuras a se tornarem pessoas melhores e que não permitirão que este passado regresse…por isso este livro é tão importante. Tenho de saudar a coragem de Lídia e a sua força por ter sobrevivido e por conseguir partilhar com todos nós o seu passado. “Já não tenho lágrimas. Tenho apenas vontade de viver” Espero que se inspirem com suas as palavras!!!

DETALHES DO PRODUTO

70072: A menina que não sabia odiar (eBook)
ISBN: 978-972-0-67370-1
Edição/reimpressão: 01-2023
Editor: Porto Editora
Código: 67370
Idioma: Português
Páginas: 160
Tipo de Produto: eBook
Classificação Temática: eBooks > eBooks em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos

sobre os autores

Lidia Maksymowicz, nascida na Bielorrússia em 1940 e hoje cidadã polaca, é sobrevivente do Holocausto. Aos três anos, foi um dos alvos das experiências genéticas do doutor Josef Mengele, no campo de concentração de Auschwitz.
Ver Mais
Paolo Rodari, nascido em Milão em 1973, é especialista em assuntos relativos ao Vaticano do jornal la Repubblica e coautor de vários livros de temática religiosa.
Ver Mais

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!