2021-08-23

Para uma História sem lacunas

Porto Editora publica o último volume de uma série de três obras evocativas do bicentenário da Revolução Liberal.

Partilhar:

Depois dos tomos Da Revolução à Constituição | 1820-1822 e Os 40 dias que mudaram Portugal, os investigadores Vital Moreira e José Domingues propõem-nos a leitura de No Bicentenário da Revolução Liberal – Vida e Obra Política de José Ferreira Borges É objetivo do presente livro colmatar uma lacuna historiográfica, percorrendo o pensamento político-constitucional de Ferreira Borges e coligindo e analisando os seus escritos políticos.

O livro estará disponível nas livrarias a 2 de setembro.

No dia 4 de setembro, às 17:30, decorre o lançamento da obra com a presença dos autores, numa sessão a realizar na Capela de Carlos Alberto (jardins do Palácio de Cristal), no âmbito da Feira do Livro do Porto. A apresentação ficará a cargo do Professor Adelino Maltez.

SOBRE O LIVRO

José Ferreira Borges (Porto, 1786-1838) faz parte da «geração heroica» de 1820, que mudou o rumo político de Portugal, colocando-o na senda da modernidade política. Sendo, junto com Manuel Fernandes Tomás, um dos vultos maiores da Revolução Liberal, esteve sempre presente, desde a fundação do Sinédrio até ao final da sua vida, nos momentos mais críticos do País, quer participando ativamente, quer usando combativamente a sua aguçada pena, sobretudo contra a usurpação miguelista (1828-1832). Havendo vários estudos sobre aspetos marcantes da sua vida e da sua carreira profissional, faltava um estudo especialmente dedicado ao seu percurso político e às suas ideias político-constitucionais, desde as Cortes Constituintes de 1821-1822, passando pelos escritos políticos dos seus dois exílios em Londres e pela sua adesão à Carta Constitucional (1826), até à sua morte em 1838, após o triunfo do «Setembrismo» (1836), a que não aderiu.

SOBRE OS AUTORES

Vital Moreira
É professor catedrático jubilado da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (FDUC), sendo também professor na Universidade Lusíada – Norte (Porto). Conhecido como constitucionalista, entre os seus projetos de investigação em curso destacam-se os ligados à história da Revolução Liberal de 1820 e da Constituição de 1822, à história do constitucionalismo eleitoral e à história constitucional portuguesa em geral, todos em parceria com o Professor José Domingues. É consultor da Câmara Municipal do Porto para as comemorações municipais do bicentenário da Revolução Liberal de 1820.

José Domingues
É professor auxiliar da Faculdade de Direito da Universidade Lusíada – Norte (Porto). É membro do International Advisory Board da revista Glossae: European Journal of Legal History e da revista Initium: Revista Catalana d'Historia del Dret. É também investigador integrado do Centro de Estudos Jurídicos Económicos e Ambientais (CEJEA). O mais recente projeto em curso, em parceria com o Professor Vital Moreira, gravita em torno do bicentenário da Revolução Liberal de 1820 e, em simultâneo, da história constitucional portuguesa em geral, desde o século XII ao século XXI.