2015-03-27

O mais recente romance do Nobel da Literatura 2014

Para que não te percas no bairro, de Patrick Modiano, é publicado a 2 de abril.

Partilhar:
Conforme anunciado no final do ano passado, a Porto Editora vai publicar o mais recente romance de Patrick Modiano, Para que não te percas no bairro. Neste livro, que chega às livrarias a 2 de abril, o autor volta a dar protagonismo à memória, desta vez através do olhar de um escritor sexagenário que leva uma vida pacata e solitária em Paris, até ao momento em que se cruza com uma investigação que o fará regressar à sua infância.
Depois de O horizonte, As avenidas periféricas e Dora Bruder, todos eles muito bem recebidos pelos leitores e críticos literários, este é o quarto romance do Nobel da Literatura 2014 no catálogo da Porto Editora.

SOBRE O LIVRO
Várias décadas passaram desde que Jean Daragane, em criança, viveu em Saint-Leu-la-Forêt. Agora, sexagenário, escritor, mal pensa nisso. Leva uma existência solitária, o telefone raramente toca, praticamente não escreve. Até que acontece um «quase nada». Como que uma picada de inseto, que a princípio parece muito leve. Esse «quase nada» é o aparecimento de uma velha agenda telefónica onde figura o nome de Guy Torstel. Arrastado para o passado, para a Paris dos anos 1950 e 1960, Daragane vai-se confrontar com a memória de Annie Astrand, que foi para ele uma espécie de mãe e, mais tarde, talvez uma amante…

O AUTOR
Patrick Modiano nasceu em Boulogne-Billancourt, nos arredores de Paris, em julho de 1945, e publicou o seu primeiro romance (La Place de l’Étoile) em 1968. Com Rue des Boutiques Obscures, obteve em 1978 o Prémio Goncourt. Em 1972, recebeu o Grande Prémio de Romance da Academia Francesa com As Avenidas Periféricas.

Considerado hoje um dos mais importantes escritores franceses, e autor de uma vasta obra, foi distinguido com o Grande Prémio Nacional das Letras e com o Prémio Nobel da Literatura de 2014.

IMPRENSA
O leitor habitual reencontrará aqui, com prazer, essa sensação desfocada, essa atmosfera estranha, esse perfume bolorento de um passado confuso. O novo leitor, atraído pelo Prémio Nobel, descobrirá esse universo único e ficará para sempre prisioneiro dos seus sortilégios.
Le Figaro


Inquérito íntimo sobre uma personagem misteriosa, cuja perseguição revela as várias faces de um passado que julgávamos perdido, o último romance de Modiano é de uma extraordinária beleza melancólica.
L’Express

Todos os títulos do autor

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK