2020-04-09

Escola Virtual vai continuar gratuita para todos até ao final do presente ano letivo

Plataforma de ensino à distância do Grupo Porto Editora já conta com mais de 700 mil utilizadores e 40 mil turmas criadas. Nas férias da Páscoa, alunos e professores realizaram 374 mil testes.

Partilhar:
Está tudo pronto para o arranque do 3.º período, agendado para a próxima terça-feira, dia 14 de abril. E a Escola Virtual, do Grupo Porto Editora, vai continuar aberta para todos os alunos, professores e encarregados de educação, da Educação Pré-Escolar ao Ensino Secundário.

Em pouco menos de um mês, e por força das circunstâncias, muito mudou no panorama educativo no que toca à utilização de soluções digitais e a Escola Virtual é um bom exemplo: de 250 mil utilizadores inscritos antes do estado de emergência, a plataforma ultrapassou agora os 700 mil utilizadores e apresenta atualmente mais de 40 mil turmas criadas. Números que tornam a Escola Virtual na maior comunidade educativa digital do país.

As semanas de interrupção letiva foram aproveitadas para planear o derradeiro período das aulas. Foi notório o trabalho dos professores, nomeadamente na criação de mais 11 mil turmas, mas também no apoio aos alunos que, mesmo em férias, realizaram 374 mil testes. Infelizmente, nem todos os alunos têm meios de acesso remoto, o que põe em causa a equidade no acesso à Educação, mas toda a comunidade tem procurado soluções e a própria Porto Editora está a partilhar com professores de todo o país propostas de atividades que podem ajudar nesse sentido.

Da parte da Escola Virtual, foram criados e distribuídos roteiros de ensino à distância para ajudar escolas e professores a implementar novas metodologias, vídeos tutoriais para que alunos e encarregados de educação usufruam de todo o potencial da plataforma do Grupo Porto Editora e até se promoveu formação online gratuita para muitos milhares de docentes e encarregados de educação.

Este crescimento exponencial tem exigido um trabalho ininterrupto da parte dos mais de 100 profissionais que constituem a equipa da Escola Virtual. Rui Pacheco, Diretor do Centro Multimédia da Porto Editora, afirma que "não houve um momento de pausa nestas semanas, entre o processo de acolhimento de novos utilizadores e de criação de turmas e a preparação meticulosa tendo em vista o 3.º período".

Rui Pacheco acredita que, no reinício das aulas, professores, alunos e pais estarão mais confortáveis com as novas rotinas, mesmo que ainda se esteja num processo de ajustamento. "Da nossa parte", acrescenta, "vamos continuar a dar o melhor de nós para os alunos, professores e pais tenham na Escola Virtual uma plataforma de ensino à distância verdadeiramente eficaz, segura e de confiança".

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK