Tristia

[um díptico e meio]

Livro 16

Formatos disponíveis
19,90€ I
17,91€ I
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
19,90€ I
17,91€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO IMEDIATO
I EM STOCK
I PORTES GRÁTIS
I RECOMENDADO PELO PLANO NACIONAL DE LEITURA

SINOPSE

A eloquência de António Cabrita faz-se de uma constante impertinência. É rotunda a perturbação que certa coloquialidade bruta, não polida, acarreta ao luxo do pensamento, à extensão vocabular e ao inesperado da imaginação. Caracterizado por uma brilhante, cada vez mais isolada, sofisticação e riqueza de referências e imagética, há também algo ostensivamente mundano no modo de Cabrita que ironiza a tentação erudita e reclama uma fascinante coisa de rua, boémia, informal, de contracultura, combatendo sempre o mais confiável ou expectável, o papel do comportado ou perfeitamente definido.
Tristia pode ser a obra suprema da impressionante poesia de António Cabrita. Poemário de longo fôlego, e a capacidade para longas orações já é outra das suas naturezas, este livro confirma uma e outra vez que estamos perante um dos mais elevados lugares da poesia actual. Por sua mestiçagem sem trégua, por sua liberdade, aqui está uma bandeira fundamental da poética da língua portuguesa.
Valter Hugo Mãe
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

"Eis um dos mais arrojados livros de poesia portuguesa recente. Em Moçambique há 15 anos, Cabrita oferece-nos uma lírica de altíssimo fulgor, cruzando uma mítica europeia (da “Ilíada” a Ovídio) com observação do quotidiano, junto ao Índico. É a vida que pulsa junto à consciência de que a “arte cava na seda / / que o vento acumulava na vala comum."
José Mário Silva, Expresso
"São dois livros e meio reunidos num só volume. Diante do Índico, entre a força dos mitos antigos e a realidade prosaica do agora, eis um poeta no auge das suas capacidades expressivas."
José Mário Silva, Expresso

DETALHES DO PRODUTO

Tristia
ISBN: 978-972-0-03334-5
Edição/reimpressão: 04-2021
Editor: Porto Editora
Código: 03334
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 198 x 29 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 356
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Poesia
António Cabrita (1959) tem vinte e tal livros publicados, em Portugal, Brasil (três livros de ficção) e Moçambique (livros de fábulas, poesia e ensaio). Foi jornalista durante 23 anos e editor (Fim de Século e Íman Edições). Em 2005 emigrou para Moçambique onde, neste momento, é professor de Dramaturgia e cronista no semanário Savana. Tem também uma coluna no jornal Hoje Macau. Escreveu inúmeros filmes. De entre os seus livros destacam-se: Inferno, 2001, três guiões sobre Camilo Castelo Branco, escritos em parceria com Maria Velho da Costa, Bagagem não Reclamada, Anatomia Comparada dos Animais Selvagens (Prémio PEN Clube 2018), e a Kodak faliu. também Dick, o cão da minha infância, 2020, poesia; e A Maldição de Ondina, 2013 (finalista do Prémio Literário Casino da Póvoa - C. M. Póvoa de Varzim 2013), Éter, 2015 (finalista do Prémio PEN Clube 2016), A Paixão segundo João de Deus, 2019, e Fotografar contra a luz, 2020, romances. Como tradutor, realça-se a sua antologia de poesia hispânica, As Causas Perdidas, 2020.
Ver Mais

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!