Relação Pedagógica, Disciplina e Indisciplina na Aula

Relação Pedagógica, Disciplina e Indisciplina na Aula

Maria Teresa Estrela, Maria Teresa Estrela
avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN:978-972-0-34102-0
Edição/reimpressão:06-2002
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:34102
ver detalhes do produto
14,40€
12,96€
-25%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-25%
24H
EM
STOCK
14,40€
12,96€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO + 15% EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

Uma obra de referência para todos quantos desejem encontrar pela via do estudo e da reflexão pistas para a superação das situações perturbadoras da aula e da eficácia do seu esforço diário. Optando por uma leitura pedagógica da indisciplina, a autora, não negligenciando as causas remotas da indisciplina escolar (de carácter bio-psicológico e/ou social), ilumina com particular ênfase as causas próximas que fazem desencadear os comportamentos indisciplinados. Causas próximas que situa em factores integrantes das situações pedagógicas. Não culpabiliza o professor nem desculpabiliza o aluno. Propõe ao professor uma análise objectiva das situações pedagógicas que o habilite a prevenir a indisciplina na aula.

Indisciplina e relação pedagógica

«Ligando-se directamente à autoridade do professor, os fenómenos de disciplina e indisciplina na aula remetem directamente para o campo da relação pedagógica de que constituem aspectos relevantes.» p.33

«Por isso, a compreensão dos fenómenos de (in)disciplina não se pode desligar da relação triangular professor-aluno-saber, relação que tantos autores têm sublinhado, e das variáveis políticas, sociológicas, psicológicas, pedagógicas que a influenciam. Sem a construção de uma relação positiva com o saber, a relação pedagógica perde muito da sua razão de ser, ficando relegada para o plano de uma afectividade difusa, positiva ou negativa. E, numa época em que caminhamos abertamente para uma sociedade de informação, de livre acesso ao saber, o desafio da escola joga-se na capacidade de redefinição de uma relação com o saber, que não acentue as desigualdades sociais, através de novas formas relacionais que essa construção inevitavelmente gerará. Caso contrário, correremos o risco de a escola se transformar numa mera instância de socialização concorrente com outras instâncias exteriores à escola, mas que não potencializará a mobilidade social que ela é suposta promover. Sem esta reconstrução dos laços do aluno com o saber, as escolas, como escreve Rochex (2001, o.347), ficariam reduzidas "a estabelecimentos onde se visaria socializar e consolar os pobres (Goffman, 1989) mais do que fornecer-lhes os instrumentos intelectuais da sua emancipação, onde se tentaria responder a uma ausência ou perda do sentido das aprendizagens e dos seus conteúdos pela promoção ou desenvolvimento de uma sociabilidade e de uma conviviabilidade sem objecto.".» p. 77

Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Excelente abordagem
Teresa Silva |07.11.2014
Esta é uma abordagem de referência das Ciências da Educação. Antes de culpar, de rotular, o professor deverá questionar e refletir sobre a sua ação na sala de aula. Nesta obra poderá encontrar respostas que farão toda a diferença nas suas práticas educativas.

DETALHES DO PRODUTO

Relação Pedagógica, Disciplina e Indisciplina na Aula
de Maria Teresa Estrela, Maria Teresa Estrela
ISBN:978-972-0-34102-0
Edição/reimpressão:06-2002
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:34102
Idioma:Português
Dimensões:167 x 244 x 11 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:160
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Ensino e Educação > Psicologia da Educação

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK