Ouro do Inferno

Ouro do Inferno

avaliação dos leitores (2 comentários)
(2 comentários)
Formatos disponiveis
17,70€
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
17,70€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Berlim, 1945: entre os escombros de uma capital arrasada, Hitler enfrenta as suas últimas horas de vida.

Ou será que não?

Numa Europa devastada pela segunda guerra mundial, o jovem seminarista August Lienart vê-se implicado numa operação de grande escala: uma organização enigmática tenta encontrar uma via de escape para os nazis e lançar os alicerces para a construção do Quarto Reich.

Quem estará por trás da sinistra organização secreta em cujas teias se enreda Lienart? Estará a Igreja Católica envolvida na fuga dos criminosos de guerra?

Uma incrível e fascinante intriga, plena de suspense e mistério, até à última página.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Recomendo!
Luisa |26.05.2013
Sempre gostei de livros que retratassem a época da primeira ou segunda guerra mundial e este é excelente. Mal acabei o livro, aguçou a minha curiosidade e tive de ir pesquisar mais sobre essas "tristes" personagens que foram os nazis. Recomendo vivamente!
...
Miguel Pestana - WWW.SILENCIOSQUEFALAM.BLOGSPOT.PT |22.08.2012
Eric Frattini é autor de livros de temáticas controversas, que balançam entre factos reais e ficção. É ensaísta, romancista, conferencista, professor, especialista em política do Vaticano, analista político e escritor de televisão. Este Ouro do Inferno é um thriller histórico (segunda metade do séc. XX) que revela, num ritmo frenético, a rede internacional idealizada pelos nazistas para salvar as suas figuras de elite e para (tentar) ressuscitar o Quarto Reich. Os protagonistas são os nazistas e egrégios membros eclesiásticos do Vaticano, que facilitaram a fuga [dos primeiros], em troca de ouro, de muito ouro. Frattini faz ressurgir figuras históricas como o execrável Hitler, Martin Bormann (secretário pessoal de Hitler); Draganovic (funcionário dos Arquivos do Vaticano); Eva Braun (companheira de Hitler); Pio XII (Papa entre 1939-58); entre muitas outras personalidades de topo, responsáveis – directa ou indirectamente – pelo maior genocídio de que há memória: o Holocausto. O autor descreve o contexto histórico com precisão e credibilidade, desvenda as maranhas e os métodos utilizados pelos protagonistas e coniventes, e descreve a fuga de Hitler e Eva Braun, optando por contar a versão de que a vida de Hitler foi mais extensa do que é conhecida, tendo sido um sósia dele a morrer em 1945. Relata o seu estado debilitado, a sua hipocondria, doença de Parkinson e envelhecimento precoce. Londres, Itália, Suíça, Alemanha e Áustria são alguns países onde o leitor poderá visitar, ora numa página, ora noutra. O escritor junta neste triller de espionagem algo atípico em livros deste género: adágios, máximas, frases que provocam o nosso pensamento, e para este efeito, utiliza algumas das personagens do livro. Exemplifico: «Vingando-se, uma pessoa torna-se igual ao seu inimigo. Perdoando-lhe, mostra-se superior a ele.»; «Os homens estão sempre dispostos a bisbilhotar as vidas alheias, mas têm preguiça de se conhecer a si próprio e corrigir a sua própria vida.» O suspense é grande e constante, e só mesmo depois de terminar de ler a última frase do livro, é que a sua adrenalina volta ao estado normal. Os capítulos são breves e concisos. Uma nota positiva para a tradução sem falhas de Carlos Romão. Eric Frattini explicou numa entrevista que o Ouro do Inferno é o que chama de «uma ficção plausível», e quem ler este livro comprovará. http://silenciosquefalam.blogspot.pt/2012/04/ouro-do-inferno-eric-frattini.html

DETALHES DO PRODUTO

Ouro do Inferno
Edição/reimpressão:12-2011
Editor:Porto Editora
Dimensões:152 x 236 x 30 mm
Encardenação:Capa mole
Páginas:448
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller
Eric Frattini foi correspondente no Médio Oriente e residiu em Beirute e Jerusalém. É autor de mais de uma vintena de ensaios, entre os quais se conta Os Papas e o Sexo e o recente Mossad. A sua obra foi traduzida para várias línguas e editada em 47 países.
Realizador e guionista de dezenas de documentários de investigação para as principais cadeias espanholas de televisão, colabora assiduamente em diferentes programas de rádio e TV. Ministra frequentemente cursos e conferências sobre segurança e terrorismo islâmico a várias forças policiais, de segurança e inteligência de Espanha, Grã-Bretanha, Portugal, Roménia e Estados Unidos.
Ouro do Inferno é o seu terceiro romance. Os anteriores, El Quinto Mandamiento e O Labirinto de Água, foram ambos traduzidos para 14 línguas.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK