Os Ciganos - Edição Especial

Os Ciganos - Edição Especial

avaliação dos leitores (14 comentários)
(14 comentários)
ISBN:978-972-0-72630-8
Edição/reimpressão:11-2012
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:72630
ver detalhes do produto
18,80€
16,92€
-25%
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-25%
PORTES
GRÁTIS
18,80€
16,92€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO + 15% EM CARTÃO
IEsgotado ou não disponível
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Os Ciganos é um conto inédito de Sophia de Mello Breyner Andresen localizado no seu espólio na primavera de 2009. Este conto encontrava-se inacabado, tendo Pedro Sousa Tavares, jornalista e neto da escritora, assumido a responsabilidade de continuar uma história sobre o irresistível apelo da liberdade, sobre a atração pelo que está fora dos muros e pela descoberta do outro e suas diferenças.

Ruy é um rapaz que vive numa casa que não lhe parece ser sua. Há muitas regras, muitas rotinas, tantas que nem mesmo o jardim que rodeia a casa consegue ser suficientemente grande para que se sinta livre.
Contudo, num daqueles dias de primavera que caem lentamente ao som do baloiçar das folhas, Ruy é surpreendido pelo rataplã de um tambor que o desafia a saltar o muro do jardim e a percorrer os campos até se abeirar de um acampamento de ciganos. Com eles acaba por ficar e, inspirado pelo espírito indomado de Gela, uma rapariga cigana de olhos cor de avelã, vai descobrir o prazer de sentir o chão debaixo dos pés, enfim, vai experimentar a liberdade pela qual sempre suspirou.

Visite a nossa página especial dedicada a Sophia de Mello Breyner Andresen.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

« Se a parte de Sophia nos apresenta um rapaz fascinado pelo “ruído da festa”, mas indeciso em segui-lo, a continuação de Pedro mostra como ele descobre depois a sabedoria ancestral dos Rom, a sua vida e a raiz do nomadismo: “Nós não moramos, nós vamos.” Numa história sobre encontros, a imagem final no circo – com os dois amigos caminhando um para o outro no arame – é particularmente feliz.»
José Mário Silva, Expresso

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Excelente!
Célia Gomes |30.12.2012
Com uma capa extraordinária que começa logo por cativar a atenção, que continua depois com a extraordinária história dos ciganos, que permite conversar em família sobre as Diferenças.
Muito bom
rui teste |21.12.2012
A minha filha adorou este inédito da Sophia de M. B. e seu neto. Além disso o livro é uma magnífica obra originalmente encadernada e com uma ilustração soberba. Imprescindível na biblioteca dos mais novos

DETALHES DO PRODUTO

Os Ciganos - Edição Especial
ISBN:978-972-0-72630-8
Edição/reimpressão:11-2012
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:72630
Idioma:Português
Dimensões:218 x 255 x 13 mm
Encadernação:Capa dura
Páginas:64
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Infantojuvenil > Literatura Juvenil

sobre os autores

Sophia de Mello Breyner Andresen nasceu a 6 de novembro 1919 no Porto, onde passou a infância. Em 1939-1940 estudou Filologia Clássica na Universidade de Lisboa. Publicou os primeiros versos em 1940, nos Cadernos de Poesia. Na sequência do seu casamento com o jornalista, político e advogado Francisco Sousa Tavares, em 1946, passou a viver em Lisboa. Foi mãe de cinco filhos, para quem começou a escrever contos infantis. Além da literatura infantil, Sophia escreveu também contos, artigos, ensaios e teatro. Traduziu Eurípedes, Shakespeare, Claudel, Dante e, para o francês, alguns poetas portugueses.

Em termos cívicos, a escritora caracterizou-se por uma atitude interventiva, tendo denunciado ativamente o regime salazarista e os seus seguidores. Apoiou a candidatura do general Humberto Delgado e fez parte dos movimentos católicos contra o antigo regime, tendo sido um dos subscritores da "Carta dos 101 Católicos" contra a guerra colonial e o apoio da Igreja Católica à política de Salazar. Foi ainda fundadora e membro da Comissão Nacional de Apoio aos Presos Políticos. Após o 25 de Abril, foi eleita para a Assembleia Constituinte, em 1975, pelo círculo do Porto, numa lista do Partido Socialista. Foi também público o seu apoio à independência de Timor-Leste, consagrada em 2002.

A sua obra está traduzida em várias línguas e foi várias vezes premiada, tendo recebido, entre outros, o Prémio Camões 1999, o Prémio Poesia Max Jacob 2001 e o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana – a primeira vez que um português venceu este prestigiado galardão. Com uma linguagem poética quase transparente e íntima, ao mesmo tempo ancorada nos antigos mitos clássicos, Sophia evoca nos seus versos os objetos, as coisas, os seres, os tempos, os mares, os dias.
Faleceu a 2 de julho de 2004, em Lisboa. Dez anos depois, em 2014, foram-lhe concedidas honras de Estado e os seus restos mortais foram trasladados para o Panteão Nacional.
Ver Mais
Pedro Sousa Tavares nasceu em Lisboa, em 1975. Tem dois filhos. Estudou Tradução, no Instituto Superior de Línguas e Administração (ISLA), e fez uma formação no Centro Protocolar de Formação Profissional para Jornalistas (Cenjor). É jornalista  desde 1998, tendo passado pelo Semanário O Independente, o Canal de Notícias de Lisboa (CNL, atual SIC Notícias), a Revista Xis, o 24 horas e o Diário de Notícias, onde trabalha atualmente na secção de Sociedade, cobrindo essencialmente a área de Educação. Colabora ou já colaborou com várias publicações, incluindo as revistas Pais & Filhos, Visão Notícias Magazine e o jornal online norte-americano Globalpost.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK