O paraíso são os outros

O paraíso são os outros

avaliação dos leitores (11 comentários)
(11 comentários)
ISBN:978-972-0-04700-7
Edição/reimpressão:07-2017
Editor:Porto Editora
Código:04700
ver detalhes do produto
12,20€
10,98€
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
24H
EM
STOCK
12,20€
10,98€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

O amor constrói. Gostarmos de alguém, mesmo quando estamos parados durante o tempo de dormir, é como fazer prédios ou cozinhar para mesas de mil lugares.

O paraíso são os outros é a história que nos conta uma menina que observa como são os casais. Casais de pessoas e casais de animais. Uma menina a quem o amor intriga e fascina. Ao imaginar a vida dos outros, sonha com a sua pessoa desconhecida que um dia há de amar. Pode até ser o Miguel ou não - há tanta gente maravilhosa!

Ao inventar a felicidade, ela já sabe tudo o que é preciso para se ser casal. Um livro que parte da inocência pueril e toca também a sabedoria dos mais crescidos.


Críticas de imprensa

«Há realmente momentos brilhantes no texto, alguns humorísticos, mas o principal mérito de "O paraíso são os outros" é o singular olhar do seu autor, que consegue a proeza de criar um texto diferente de um dos temas mais abordados da literatura mundial.»
Pedro Justino Alves, Diário Digital

«Um livro que inaugura uma coleção de contos excecional.»
Máxima
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

«Há realmente momentos brilhantes no texto, alguns humorísticos, mas o principal mérito de "O paraíso são os outros" é o singular olhar do seu autor, que consegue a proeza de criar um texto diferente de um dos temas mais abordados da literatura mundial.»
Pedro Justino Alves, Diário Digital
A literatura mudou-lhe a vida. Agora serão os livros dele a revolucionar tantas outras existências. Depois de “A Desumanização”, Valter Hugo Mãe regressa com “O Paraíso São os Outros”, uma obra sem maldade nem idade que, entre o pueril e o sábio, nos fala sobre isso que é o Amor.
Rita Lúcio Martins, Máxima
«Uma espécie de A Educação Sentimental na voz de uma menina.»
Carlos Vaz Marques, TSF
«Um livro que inaugura uma coleção de contos excepcional.»
Máxima

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Amor
Cláudia Vinagre |2016-07-27
...sim sim...ficamos a sonhar de que forma é o AMOR...que simplicidade, que ternura, que Amor.
O amor, fundamental para todos os seres vivos
isabel castro |2016-04-07
Maravilhosamente doce, como se, realmente, fosse escrita por uma menina que estivesse a falar com alguém disparando todas as ideias, interrogações e sonhos ! Muito bonito esta dissertação sobre o amor!

DETALHES DO PRODUTO

O paraíso são os outros
ISBN:978-972-0-04700-7
Edição/reimpressão:07-2017
Editor:Porto Editora
Código:04700
Idioma:Português
Dimensões:185 x 242 x 12 mm
Encadernação:Capa dura
Páginas:48
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros Infantis e Juvenis > Contos fábulas e narrativas > Livros em Português > Plano Nacional de Leitura > 5.º ano > Leitura Orientada
Valter Hugo Mãe é um dos mais destacados autores portugueses da atualidade. A sua obra está traduzida em variadíssimas línguas, merecendo um prestigiado acolhimento em países como o Brasil, a Alemanha, a Espanha, a França ou a Croácia. Publicou sete romances: Homens imprudentemente poéticos; A desumanizaçãoO filho de mil homensa máquina de fazer espanhóis (Grande Prémio Portugal Telecom Melhor Livro do Ano e Prémio Portugal Telecom Melhor Romance do Ano); o apocalipse dos trabalhadoreso remorso de baltazar serapião (Prémio Literário José Saramago) e o nosso reino. Escreveu alguns livros para todas as idades, entre os quais: Contos de cães e maus lobosO paraíso são os outrosAs mais belas coisas do mundo e O rosto. A sua poesia foi reunida no volume contabilidade, entretanto esgotado. Publica a crónica Autobiografia Imaginária no Jornal de Letras.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK