O Detetive Esqueleto - Espiral de Morte

O Detetive Esqueleto - Espiral de Morte

Código:04764
Edição/reimpressão:06-2015
Editor:Porto Editora
ISBN:978-972-0-04764-9
ver detalhes do produto
14,40€
11,52€
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
COMPRAR
-20%
PORTES
GRÁTIS
EM
STOCK
14,40€
11,52€
COMPRAR
I20% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio imediato
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Skulduggery Pleasant está de regresso, mas nem tudo está bem no mundo dos mágicos. Por um lado, anda à solta um assassino com uma máscara de metal; por outro, Valkyrie descobriu que é Escurezza, a implacável feiticeira que quer destruir o Mundo. Assustada com a descoberta, não consegue contar a Skul e vai tentar alterar o seu terrível destino sozinha.

Não será uma tarefa fácil, e se ela falhar, não vai ter quem a ajude.

Com Valkyrie embrenhada na sua própria luta, o Detetive Esqueleto e os seus amigos estão ainda mais vulneráveis. O que é assustador, porque os Necromantes preparam-se para libertar um novo e temível ser.

Sem poder confiar nos seus amigos feiticeiros e com os inimigos cada vez mais perto, a única coisa que Valkyrie pode fazer é lutar.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O Detetive Esqueleto - Espiral de Morte
Edição/reimpressão:06-2015
Editor:Porto Editora
Dimensões:152 x 235 x 26 mm
Encardenação:Capa mole
Páginas:384
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Infantojuvenil > Livros de Aventuras > Literatura Juvenil
Antes de escrever o seu romance juvenil acerca de um janota detetive-esqueleto, Derek Landy escreveu um argumento para um filme sobre zombies e ainda um sangrento policial onde, no final, toda a gente morre.
Como cinturão negro de karaté, ensinou centenas de crianças a saberem defender-se, na esperança de vir a ter o seu próprio mini-exército de pestinhas! Acredita piamente que elas apenas aguardam o seu grito de comando para investirem e lutarem contra os seus inimigos (na realidade, ele não tem inimigos, mas calcula que eles surgirão mais cedo ou mais tarde...).
Derek vive nos arredores de Dublin, na Irlanda, e a razão de gostar tanto de ser ele a escrever a sua própria nota biográfica reside no facto de poder finalmente referir-se a si próprio na terceira pessoa, sem soar demasiado pretensioso ou mesmo louco.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK