O Detetive Esqueleto - Brincar com o fogo

O Detetive Esqueleto - Brincar com o fogo

ISBN:978-972-0-04272-9
Edição/reimpressão:06-2015
Editor:Porto Editora
Código:04272
ver detalhes do produto
14,40€
-10%
24H
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
24H
EM
STOCK
14,40€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

Depois da morte de Serpine, o mundo recuperou a sua ordem e tudo parecia estar, de novo, em segurança. Pelo menos, era o que Valkyrie e Skulduggery julgavam... Até que o lendário Barão Vengeous leva a cabo uma sangrenta fuga da prisão e tudo sofre uma reviravolta: cadáveres e vampiros aparecem pelos quatro cantos da Irlanda.

Com o Barão Vengeous partindo à conquista da mortífera armadura de Lord Vile, - e com praticamente toda a gente a querer matar Valkyrie - os dois corajosos detetives enfrentam o seu maior desafio de sempre.

Mas... e se a maior ameaça para Valkyrie estiver a dois passos da sua própria casa...?
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

O Detetive Esqueleto - Brincar com o fogo
ISBN:978-972-0-04272-9
Edição/reimpressão:06-2015
Editor:Porto Editora
Código:04272
Idioma:Português
Dimensões:152 x 235 x 17 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:256
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros infantojuvenis > Livros de aventuras > Livros em Português > Infantojuvenil > Livros de Aventuras > Literatura Juvenil
Antes de escrever o seu romance juvenil acerca de um janota detetive-esqueleto, Derek Landy escreveu um argumento para um filme sobre zombies e ainda um sangrento policial onde, no final, toda a gente morre.
Como cinturão negro de karaté, ensinou centenas de crianças a saberem defender-se, na esperança de vir a ter o seu próprio mini-exército de pestinhas! Acredita piamente que elas apenas aguardam o seu grito de comando para investirem e lutarem contra os seus inimigos (na realidade, ele não tem inimigos, mas calcula que eles surgirão mais cedo ou mais tarde...).
Derek vive nos arredores de Dublin, na Irlanda, e a razão de gostar tanto de ser ele a escrever a sua própria nota biográfica reside no facto de poder finalmente referir-se a si próprio na terceira pessoa, sem soar demasiado pretensioso ou mesmo louco.
Ver Mais

QUEM COMPROU TAMBÉM COMPROU

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK