O Caso das Mangas Explosivas

ISBN: 978-972-0-04512-6
Edição/reimpressão: 07-2009
Editor: Porto Editora
Código: 04512
ver detalhes do produto
5,00€ I
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
5,00€ I
COMPRAR
I 10% DE DESCONTO EM CARTÃO
I Em stock - Envio 24H

SINOPSE

No dia 17 de agosto de 1988, o presidente paquistanês Zia ul-Haq morreu num acidente aéreo. No avião presidencial viajavam igualmente o chefe dos serviços secretos e o embaixador dos Estados Unidos. Não houve sobreviventes e, ainda hoje, a razão que levou à queda do avião continua envolta em mistério. O acidente ficou a dever-se a:
Falha mecânica?
Falha humana?
Impaciência da CIA?
Maldição de uma cega?
Generais descontentes com as suas pensões de reforma?
A estação das mangas?
Ou o responsável terá sido o próprio narrador, Ali Shigri, um jovem cadete da Força Aérea, que nos relata a sua participação nos acontecimentos?

Com um humor ácido e um ritmo trepidante, digno dos melhores thrillers políticos, Mohammed Hanif retrata sem contemplações os aspetos mais absurdos da vida militar durante os últimos dias de vida do cruel ditador Zia ul-Haq, expondo as manipulações de todos os implicados que, com a sua miopia política, contribuíram para o auge do fanatismo radical.

Um primeiro romance brilhante e audaz, que valeu ao autor ser nomeado para o Booker Prize e para o Guardian First Book Award e vencer, mais recentemente, o Commonwealth Writers' Prize para a primeira obra.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Temas que não podiam ser mais cinzentos e que Mohammed Hanif colora com uma grande dose de humor, mesmo que na maior das vezes ele seja negro. Ou laranja, da cor das mangas. Mas, para pereceber de onde é que estas surjem, a chave é mesmo a leitura.

Os Meus Livros

DETALHES DO PRODUTO

O Caso das Mangas Explosivas
ISBN: 978-972-0-04512-6
Edição/reimpressão: 07-2009
Editor: Porto Editora
Código: 04512
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 234 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 336
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros > Livros em Português > Literatura > Romance
Mohammed Hanif nasceu em Okara, no Paquistão, em 1965. Formado pela Academia da Força Aérea paquistanesa, abandonou a carreira militar para se dedicar ao jornalismo, tendo colaborado em jornais como o Newsline, o India Today e The Washington Post.
Em Londres, onde viveu mais de uma década, foi diretor do serviço radiofónico em língua urdu da BBC.
Recentemente decidiu regressar a Carachi com a mulher e o filho.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK