Matteo perdeu o emprego

Matteo perdeu o emprego

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponiveis
16,60€
11,62€
-40%
3D
PORTES
GRÁTIS
COMPRAR
-40%
3D
PORTES
GRÁTIS
16,60€
11,62€
COMPRAR
I30% DE DESCONTO IMEDIATO + 10% EM CARTÃO
IEnvio em 3 dias
IPORTES GRÁTIS

SINOPSE

Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para o Ensino Secundário como sugestão de leitura.

Matteo responde a um anúncio de emprego. Toca à campainha e uma mulher recebe-o. Mas a mulher apresenta uma particularidade estranha. É a primeira proposta de trabalho de Matteo em muitos meses: aceita-a. Mas Matteo não suporta aquele ofício durante muito tempo. Responde a um novo anúncio. Toca à campainha e um homem abre a porta e recebe-o. De novo, a mesma particularidade estranha.
Várias personagens e episódios sucedem-se como peças de dominó que vão caindo umas sobre as outras. As personagens cruzam-se e cada uma delas é abandonada quando surge a seguinte. São ligações sucessivas - até que se chega a Matteo, o homem que perdeu o emprego.
Ver Mais

CRÍTICAS DE IMPRENSA

Ironia e talento, um autor inacreditável.
Courrier Internacional
Um Kafka Português. Irá Gonçalo M. Tavares tornar-se tão exportado como o vinho do Porto ou a saudade?
Le Figaro Magazine
Tavares criou algo atraente, sombriamente belo e inspirado, e totalmente original.
The Independent

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Matteo, Tavares e as rotundas
JOAO ANGELO PIMENTA MARQUES |16.01.2012
Um livro com duas partes bem distintas a última o posfácio contém as notas que o autor retira do seu próprio livro. Gonçalo M. Tavares cria na primeira parte do livro uma vasta gama de personagens que se encadeiam umas nas outras de uma forma engenhosa nesta parte (o tipo de livro e estilo bem como as muitas imagens) a leitor é conduzido para uma leitura vertiginosa mesmo muito rápida tal a curtíssima sequência das personagens e as suas histórias. Nesta parte (para quem conhece a obra) Tavares parece inclinar a estrutura do livro para a sua obra o "Bairro". A segunda parte do livro o posfácio tem a assinatura da obra o "Reino" aqui Tavares obriga o leitor a uma leitura atenta cuidadosa, isto se o leitor quiser tirar partido daquilo que o escritor esta a oferecer. Pormenores deliciosos da vida quotidiana rolam pelas páginas num sequência aleatória mas agradável Nesta parte mais elaborada, mais densa, Tavares tenta "explicar" a primeira parte. Parece um Tavares do "Bairro" a justificar-se com o "Reino". Pormenores deliciosos como: ...Horowitz fazia o que os homens importantes fizeram e fazem, apontava. Ou ...Glasser o que carrega a bateria (bateria de camião que suportava a sua vida ligada ao coração). No fundo somos todos Glasser basta o corte de uma ligação para morrermos. Talvez Glasser tenha, sobre todos os outras personagens, uma vantagem. Ele sabe exactamente qual e a sua ligação essencial. O livro gira em torno de rotundas, vidas, o círculo maior ou menor que pode ou não ser completado, podendo entrar novos elementos para o mesmo círculo. Até uma rotunda quadrada nos é oferecida, pormenor delicioso. Um livro cheio de imagens onde as suas 210 páginas são reduzidas praticamente para metade (muitas imagens e a quebra das histórias reduzem o número paginas em muito), mesmo assim um livro bem pensado, já li melhores obras do autor mas para uma iniciação a Gonçalo M. Tavares penso ser um bom livro ou não e caso contrário o leitor ficará a detestar o autor e nunca mais lerá alguma obra dele. Realmente um livro intrigante de histórias desconexas, a ligação é meramente entre as personagens, que giram umas entre outras num livro pensador cheiinho de pequenas coisas para nos fazer repensar pormenores da vida, onde a história é dissimulada nesses pensamentos.

DETALHES DO PRODUTO

Matteo perdeu o emprego
ISBN:978-972-0-04290-3
Edição/reimpressão:12-2010
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:04290
Coleção:Marca D'Água
Idioma:Português
Dimensões:148 x 234 x 23 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:216
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance > Plano Nacional de Leitura > 10.º ano > Sugestões de Leitura > 11.º ano > Sugestões de Leitura > 12.º ano > Sugestões de Leitura
Gonçalo M. Tavares nasceu em 1970. Desde 2001 publicou livros em diferentes géneros literários e está a ser traduzido em mais de 50 países.
Os seus livros receberam vários prémios em Portugal e no estrangeiro. Com Aprender a rezar na Era da Técnica recebeu o Prix du Meuilleur Livre Étranger 2010 (França), prémio atribuído antes a Robert Musil, Orhan Pamuk, John Updike, Philip Roth, Gabriel García Márquez, Salman Rushdie, Elias Canetti, entre outros.
Alguns outros prémios internacionais: Prémio Portugal Telecom 2007 e 2011 (Brasil), Prémio Internazionale Trieste 2008 (Itália), Prémio Belgrado 2009 (Sérvia), Grand Prix Littéraire du Web – Culture 2010 (França), Prix Littéraire Européen 2011 (França). Foi também por diferentes vezes finalista do Prix Médicis e Prix Femina. Uma Viagem à Índia recebeu, entre outros, o Grande Prémio de Romance e Novela APE 2011. Os seus livros deram origem, em diferentes países, a peças de teatro, dança, peças radiofónicas, curtas-metragens e objetos de artes plásticas, dança, vídeos de arte, ópera, performances, projectos de arquitectura, teses académicas, etc.
Ver Mais

DO MESMO AUTOR

Princesas, Príncipes, Fadas e Piratas com Problemas
10%

Princesas, Príncipes, Fadas e Piratas com Problemas

de Ana Cristina Leonardo, Ana Luísa Amaral, Gonçalo M. Tavares, João Pedro Mésseder, Rita Saldanha, Rui Zink

12,96€

14,40€

Contos de Vampiros

de Ana Paula Tavares, Gonçalo M. Tavares, Hélia Correia, João Tordo, Jorge Reis-Sá, José Eduardo Agualusa, Miguel Esteves Cardoso, Rui Zink, Susana Caldeira Cabaço

12,96€

14,40€

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK