Ikigai - Viva bem até aos cem

Ikigai - Viva bem até aos cem

Francesc Miralles, Héctor García
avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponiveis
14,40€
12,96€
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
14,40€
12,96€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO IMEDIATO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

A missão deste livro é ajudá-lo a encontrar o seu ikigai ou aquilo que dá sentido à sua vida!

Numa conversa sobre o propósito da vida, Héctor e Francesc decidiram rumar à aldeia com maior índice de longevidade do mundo: Ogimi, em Okinawa, Japão.

Ao conviverem com as pessoas mais velhas do planeta, conheceram os segredos mais bem guardados para se ter uma vida longa, saudável e feliz, que se podem resumir num conceito: o ikigai.

Conheça a dieta especial e o treino físico e mental que esta "aldeia dos centenários" segue. Beber chá, satisfazer o estômago em apenas 80%, conviver e estar permanentemente ocupado são algumas das sugestões que encontrará neste livro.

Leia, reflita, pratique e ganhe anos de vida!

Leia mais sobre este livro em:

Expresso
Observador
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Arigato!
V. |10.10.2016
Este livro é resultado de um estudo feito por dois amigos, e está escrito de uma maneira muito acessível. É um boa forma de conhecer mais sobre a cultura nipónica e, quiçá, de adquirir alguns bons hábitos como os provectos habitantes de Okinawa. :) É um bom ponto de partida para mais descobertas! Obrigada aos autores! "Domo arigato!"

DETALHES DO PRODUTO

Ikigai - Viva bem até aos cem
de Francesc Miralles, Héctor García
ISBN:978-989-739-028-9
Edição/reimpressão:08-2016
Editor:Albatroz
Código:04856
Idioma:Português
Dimensões:152 x 235 x 12 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:168
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Vida Saudável

sobre Francesc Miralles

Francesc Miralles
Filho de uma modista e de um administrativo muito dado às artes e às letras, Francesc Miralles nasceu em Barcelona em 1968. Estudou Jornalismo na Universidade Autónoma de Barcelona, mas abandonou o curso passados 4 meses para trabalhar numa taberna do bairro gótico onde aprendeu a tocar piano. Voltou à universidade após um ano, onde estudou Filologia Inglesa. Viciado em viagens desde jovem, decidiu então deixar tudo e vaguear pelo mundo. Ao regressar a Barcelona, retomou a vida académica. Não só completou a licenciatura como ainda fez um mestrado em Edição de Livros. Ingressou no mundo editorial primeiro como tradutor, e depois como editor. Teve uma preenchida carreira editorial de 3 meses que serviu de inspiração ao seu primeiro romance em Castelhano, Barcelona Blues, e o levou a tomar uma decisão: não voltar a trabalhar numa empresa. Tem-se dedicado à escrita, embora também exerça funções de assessor literário e consultor em várias editoras.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK