Hotel Majestic

Hotel Majestic

VENCEDOR DO LOST MAN BOOKER PRIZE
Código:04316
Edição/reimpressão:02-2011
Editor:Porto Editora
ISBN:978-972-0-04316-0
ver detalhes do produto
8,85€
-10%
EM
STOCK
COMPRAR
-10%
EM
STOCK
8,85€
COMPRAR
I10% DE DESCONTO EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

1919: Após o final da I Guerra Mundial, o Major Brendan Archer dirige-se até à Irlanda, na esperança de descobrir se de facto está comprometido com Angela Spencer, cuja família anglo-irlandesa é proprietária do em tempos famoso Hotel Majestic. Mas a sua noiva está estranhamente diferente e a fortuna familiar sofrera enormes perdas. As centenas de quartos do hotel deterioram-se a olhos vistos; os seus poucos hóspedes dedicam-se quase em exclusivo a pequenos boatos e a jogos de uíste; bandos de gatos tomaram positivamente conta do Bar Imperial e dos andares superiores; canas de bambu ameaçam as fundações do edifício; leitões brincam nos courts de squash.
Mas não são apenas as paredes do outrora grandioso hotel que prometem cair de vez. Lá fora, o império britânico enfrenta desafios vindos dos quatro cantos do mundo, incluindo da sua vizinha Irlanda.

O Lost Man Booker Prize é uma distinção excecional que, quarenta anos depois, presta homenagem aos livros que em 1970 perderam a oportunidade de vencer o Booker Prize, devido a uma mudança nos critérios de atribuição do prémio.
Ver Mais

DETALHES DO PRODUTO

Hotel Majestic
Edição/reimpressão:02-2011
Editor:Porto Editora
Dimensões:150 x 234 x 41 mm
Encardenação:Capa mole
Páginas:416
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance
James Gordon Farrell nasceu em 1935 em Liverpool, no seio de uma família anglo-irlandesa. É considerado um dos mais importantes autores do séc. XX, apesar da sua atividade de escritor ter sido tragicamente interrompida por um acidente enquanto pescava na costa irlandesa.
Tendo escrito outras três novelas antes de 1970, ficou famoso sobretudo pela Trilogia do Império, que retrata a decadência do Império Colonial Britânico com uma ironia sagaz, evidente nas descrições e nas características das personagens, enquanto o pano de fundo é um cenário histórico baseado em acontecimentos reais.
Em 1971, Hotel Majestic, o primeiro volume da trilogia, ganhou o Faber Memorial Prize, e em 1988 foi adaptado a telefilme. Foi distinguido com o Lost Man Booker Prize em 2010.
O segundo volume da trilogia, O Cerco de Krishnapur, ganhou o Man Booker Prize em 1973 e foi nomeado para o prémio Best of the Booker.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK