Contos sobrenaturais

Contos sobrenaturais

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
ISBN:978-972-0-04566-9
Edição/reimpressão:05-2013
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:04566
ver detalhes do produto
14,40€
10,08€
-40%
EM
STOCK
COMPRAR
-40%
EM
STOCK
14,40€
10,08€
COMPRAR
I30% DE DESCONTO IMEDIATO + 10% EM CARTÃO
IEm stock - Envio imediato

SINOPSE

"Não sabemos o que é o corpo. Não sabemos o que é a alma. E nada nos identifica mais do que a ignorância daquilo que somos."
Carlos Fuentes

Devido ao início da sua carreira literária, o território do relato fantástico é tão natural a Carlos Fuentes como respirar. Este livro (que dá seguimento a Contos Naturais, já publicado pela Porto Editora) inclui os seguintes contos: "Tlactocatzine do Jardim de Flandres", "Pela Boca dos Deuses", "Litania da Orquídea", "A Boneca Rainha", "O Robô Sacramentado", "Um Fantasma Tropical" e "Pantera em Jazz". E ainda "Aura", provavelmente o mais famoso de todos os textos que Carlos Fuentes assinou.
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Comentários à Obra de Carlos Fuentes
Juan Carlos Correia |26.10.2013
Trata-se de uma obra escrita com muito humor negro e são pequenos contos que retratam o lado mais obscuro das personagens e da sua mente.São contos imaginativos e bem escritos das relações das personagens com o lado mais obscuro da natureza.

DETALHES DO PRODUTO

Contos sobrenaturais
ISBN:978-972-0-04566-9
Edição/reimpressão:05-2013
Editor:Porto Editora, S.A.
Código:04566
Idioma:Português
Dimensões:151 x 234 x 14 mm
Encadernação:Capa mole
Páginas:136
Tipo de Produto:Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Contos
Carlos Fuentes (1928-2012) é autor de uma vasta obra, que inclui romances, contos, teatro e ensaio, e um dos principais expoentes da narrativa latino-americana. Ao longo da sua carreira recebeu numerosos prémios, entre eles o Prémio Cervantes (1987) e o Prémio Príncipe das Astúrias (1994). Em 2003 foi condecorado com a Legião de Honra pelo governo francês e em 2009 recebeu a Grã-Cruz da Ordem de Isabel, a Católica. Em 2012, postumamente, o governo mexicano decidiu criar um prémio literário com o seu nome.
Ver Mais

DO MESMO AUTOR

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK