As Aventuras de Marina Pons

As Aventuras de Marina Pons (eBook)

avaliação dos leitores (1 comentários)
(1 comentários)
Formatos disponiveis
9,99€
COMPRAR
9,99€
COMPRAR
IDisponibilidade Imediata
IEBOOK PARA WOOK READER

SINOPSE

Marina é uma mulher inquieta: com a vida, com a descoberta dos outros e dela própria. Professora de biologia e órfã, desde cedo foi criada pelo muito extremoso tio Hilário, proprietário de um negócio de próteses, cadeiras de rodas e material sanitário. Marina, trintona habituada ao celibato e à solidão, encanta-se com José Serra, um exibicionista profissional com um sorriso tímido.

José Serra sempre achou melhor poupar Marina às imundícies da sua vida. A atração não foi coisa imediata: quando conheceu Marina, José pensou que com aquela rapariga poderia envolver-se por uns tempos. O que não imaginava era que ela viria a transformar a sua vida. Nem em sonhos teria conseguido imaginar.

José morre prematuramente e Marina, viúva e com o negócio do tio em mãos, nunca deixa de pensar no seu adorado marido: «se é certo que desde pouco tempo depois de enviuvar estive com muitos homens e, na maior parte desses encontros, não passei mal, ninguém mais do que o José, que descanse em paz, é capaz de fazer cócegas na minha imaginação e na minha memória
Ver Mais

COMENTÁRIOS DOS LEITORES

Opinião
Blog Café de letras |19.12.2014
Foca-se básicamente na solidão e abandono. Marina perdeu os pais em criança e foi criado pelo tio, conhece José (trepper) e casa-se. José morre cedo e Marina passa de professora de biologia a caixeira-viajante promiscua... Conhece Lucas um motociclista sem sentido de vida e cerca de 20 anos mais novo. Na vida de Marina nada faz sentido, por vezes nem a sua própria existência.

DETALHES DO PRODUTO

As Aventuras de Marina Pons (eBook)
Edição/reimpressão:10-2014
Editor:Porto Editora
Páginas:192
Tipo de Produto:eBook
Classificação Temática: eBooks em Português > Literatura > Ficção
Nascido na Argentina, em 1937, Lázaro Covadlo refugiou-se em Espanha em 1975, após o golpe militar, e aí reside hoje, perto de Sitges. Começando a publicar algo tarde, é a partir dos anos 90 que começa a dar nas vistas com títulos como Agujeros negros [Buracos Negros], Remington Rand, Conversación con el monstruo, La casa de Patrick Childers e Animalitos de Dios. Com a novela Criaturas da noite, que teve a sua primeira edição portuguesa na editora Livros de Areia, o autor conquistou o prémio Café Gijón em 2004.
Ver Mais

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK