COVID-19 – Regresso à escola sem medos

Preparar as crianças para um regresso às escolas tranquilo e seguro é fundamental. Ao receio do "bicho-papão" do primeiro dia de aulas, este ano acresce a dúvida e incerteza geradas por um vírus desconhecido. Será que as escolas estão preparadas?

Nós, os profissionais de educação, estamos ansiosos e andamos num frenesim para que tudo fique organizado e pronto a tempo e horas, de modo a recebermos as crianças da melhor maneira.

Os pais/encarregados de educação também estão, por certo, ansiosos. Preocupam-se com tudo o que têm de preparar para levar para a escola, querem conhecer o novo espaço, as rotinas, os adultos e as outras crianças que vão contactar com o seu filho. Mas este ano, para além disso, acresce um receio e inúmeras questões a ele associadas: Como lidar com a “nova normalidade”? Como gerir todas as emoções e receios? Como atuar com as doenças que poderão aparecer?

O medo é um sentimento normal, em crianças e adultos. É importante compreendê-lo e evitar ser dominado por ele. Da parte dos profissionais de educação, existe um grande empenho, e tudo será feito para que todos – crianças e adultos – fiquem bem. Podem contar com desinfeção, lavagem de mãos e as devidas explicações aos vossos filhos, para que eles percebam a importância destes pequenos gestos. Também estaremos todos atentos a sintomas suspeitos. É essencial o foco na relação escola-família e promover educação e saúde, trabalhando na prevenção de um contágio alargado. Sermos sinceros e confiarmos uns nos outros é, sem dúvida, a melhor forma de prevenir seja o que for e de afastar os medos.

Doenças haverá sempre! A confiança nos profissionais é fundamental.

Juntos ultrapassaremos todas as barreiras e proporcionaremos às nossas crianças tudo o que elas merecem: bem-estar, desenvolvimento global equilibrado e felicidade.

Patrícia Raquel Rodrigues (Educadora de infância)

 

Preparar as crianças para um regresso às aulas tranquilo e seguro e consciencializá-las da importância da higiene no combate às doenças é também fundamental.

Através de uma linguagem simples e ilustrações apelativas Os Medos não duram para sempre e Os Micróbios não são para partilhar auxiliam os pais na gestão destes dois temas com os mais pequenos.

Os micróbios não são para partilharOs medos não duram para sempre