2020-02-19

"Tempestade no Rio" vence Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes D’Escritas | Porto Editora

Mais de 2000 alunos de todo o país participaram na XII edição do prémio literário dirigido a turmas do 4.º ano de escolaridade

Partilhar:
Hoje será um dia muito especial na Escola Básica do 1.º Ciclo de Venda do Pinheiro, nomeadamente para os alunos da turma C do 4.º ano de escolaridade: são eles os grandes vencedores da XII edição do Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes D’Escritas | Porto Editora com o trabalho "Tempestade no Rio".

Este prémio é da responsabilidade conjunta do Correntes d’Escritas e da Porto Editora e distingue, todos os anos, um conto infantil ilustrado inédito, em língua portuguesa, realizado por alunos que frequentem o 4.º ano de escolaridade do 1.º ciclo do Ensino Básico. O objetivo é estimular a criação literária, especialmente o desenvolvimento da comunicação escrita e criativa, promovendo ao mesmo tempo o gosto pelo livro e pela leitura.

Em segundo lugar, o júri escolheu o trabalho "Os Ponteiros Apaixonados", da turma Q do 4.º ano da Escola Básica do 1.º Ciclo com Pré-Escolar e Creche Eng. Luís Santos Costa, do Machico, completando o pódio a turma A do 4.º ano do Colégio Paulo VI, de Gondomar, com o conto "A mala da minha professora".

De referir que foram atribuídas Menções Honrosas à Escola Básica do 1.º Ciclo de Odeceixe e à Escola Básica 1.º Ciclo/ JI Padre José Manuel Rocha e Melo - Lisboa (Ilustração), à Escola Básica 1.º Ciclo Quinta do Alçada – Leiria (Texto e Ilustração) e à Escola Básica José Manuel Durão Barroso - Armamar e ao Colégio D. José I – Aveiro (Texto).

A organização recebeu 104 trabalhos enviados por outros tantos estabelecimentos de ensino do 1.º ciclo, fruto do trabalho de mais de 2000 alunos e de dezenas de professores.

A entrega dos prémios aos vencedores do XII Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes d’Escritas | Porto Editora acontecerá na Sessão de Encerramento do Correntes D’Escritas, que se realiza este sábado, 22 de fevereiro.

Até lá, são vários os autores do Grupo Porto Editora que vão participar em diferentes mesas desta edição do Correntes d'Escritas:

Mesa 1 – Já não (se) salva a literatura – Antonio Colinas
quarta-feira, 19 de fevereiro, 17:30 – Cine-Teatro Garrett (sala principal)

Mesa 2 – Mulheres, artes e ditadura – Rui Zink
quinta-feira, 20 de fevereiro, 10:00 – Cine-Teatro Garrett (sala principal)

Mesa 3 – Era uma vez a liberdade – Luis Sepúlveda
quinta-feira, 20 de fevereiro, 15:00 – Cine-Teatro Garrett (sala principal)

Mesa 4 – Tenho medo da poesia – Ana Luísa Amaral
quinta-feira, 20 de fevereiro, 18:00 – Cine-Teatro Garrett (sala principal)

Mesa 7 – Nas redes perdidos, os livros de amanhã – Ricardo Fonseca Mota
sexta-feira, 21 de fevereiro, 18:30 – Cine-Teatro Garrett (sala principal)

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK