2020-06-01

Richard Ford escreve declaração de amor aos pais

Porto Editora publica Entre Eles, um livro em que, de outra maneira, Ford continua o seu exemplar trabalho de sempre – perceber a essência profunda da América.

Partilhar:

Mantendo o tema de fundo que é transversal a toda a sua produção literária – perscrutar a essência do que é a América – Richard Ford faz uso em Entre Eles da sua própria história de vida, e da história dos pais, para continuar esse trabalho. Trata-se de um livro composto por dois textos escritos com 35 anos de diferença. O primeiro centrado na figura do pai, escrito recentemente; e o segundo dedicado à mãe e escrito em 1986, cinco anos após o seu falecimento. Dois textos belíssimos que evocam a infância do escritor e as vidas dos seus pais, vidas idênticas a tantas outras, mas que a força da literatura transforma numa peça essencial do seu universo literário.


O livro estará disponível nas livrarias a 4 de junho.

SOBRE O LIVRO

Edna Akin apaixonou-se aos 17 anos por Parker Ford. Ela era uma bela jovem nascida no Arkansas e ele um sorridente rapaz que trabalhava numa mercearia. Casaram-se e o novo trabalho dele como vendedor levou-os a uma vida itinerante pelo Sul dos Estados Unidos, durante os anos da Grande Depressão.
Quando já não o esperavam, Edna e Parker tiveram um filho: Richard Ford. Anos mais tarde, já um escritor consagrado, Ford quis reconstituir a vida dos pais recorrendo a fotografias, histórias que ouviu contar, instantes que viveu com eles e que, mesmo insignificantes, se cristalizaram na sua memória.
Este livro é o resultado desse esforço e um comovente retrato de família. Com amor, inteligência e grande capacidade de reflexão, Richard Ford evoca o modo como os filhos mudam ao longo do tempo e a imagem que têm dos pais. Entre eles é, ao mesmo tempo, um profundo ato de amor e uma intensa reflexão sobre a família.

SOBRE O AUTOR

Autor de oito romances e quatro coletâneas de contos, Richard Ford nasceu em Jackson, Mississippi, em 1944. Reconhecido pela crítica como um dos grandes retratistas dos temas estruturantes da sociedade norte-americana, Ford detém o recorde de ter sido o único autor distinguido em simultâneo com os prémios Pulitzer e Pen/Faulkner para uma mesma obra. No catálogo da Porto Editora figuram os seus romances, Canadá, agraciado com o Prix Femina Étranger e o Andrew Carnegie Medal for Excellence, Francamente, Frank, e com uma nova tradução, O Jornalista Desportivo. Em junho de 2016, Richard Ford foi distinguido com o Prémio Princesa das Astúrias das Letras e, em 2019, com o Library of Congress Prize para ficção americana.
 

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK