2012-10-02

Porto Editora publica inédito de Sophia

Conto inacabado foi concluído pelo neto, o jornalista Pedro Sousa Tavares. As belíssimas ilustrações são de Danuta Wojciechowska.

Partilhar:
Os Ciganos é o título do inesperado livro que a Porto Editora irá lançar a 16 de outubro, pelas 19:00, na Livraria Bertrand Chiado, apenas um dia depois de chegarem às livrarias os 3000 exemplares de uma edição que se apresentará com características exclusivas.
Trata-se de um conto inédito de Sophia de Mello Breyner Andresen localizado no seu espólio na primavera de 2009. Este conto encontrava-se inacabado, tendo Pedro Sousa Tavares, jornalista e neto da escritora, assumido a responsabilidade de continuar uma história sobre o irresistível apelo da liberdade, sobre a atração pelo que está fora dos muros e pela descoberta do outro e suas diferenças.

A primeira parte do conto é da autoria de Sophia de Mello Breyner Andresen e é apresentado a azul; a segunda, a preto, foi escrita por Pedro Sousa Tavares. Em comum, o notável trabalho de ilustração de Danuta Wojciechowska.

O livro abre com uma Nota de Edição assinada por Maria Andresen de Sousa Tavares, que explica como surgiu a possibilidade de publicar este inédito; segue-se um texto de Pedro Sousa Tavares, no qual assume ter sido uma “ousadia” aceitar o desafio que lhe colocaram.

A HISTÓRIA
A personagem principal deste conto é Ruy, um rapaz que vive numa casa que não lhe parece ser sua. Há muitas regras, muitas rotinas, tantas que nem mesmo o jardim que rodeia a casa consegue ser suficientemente grande para que se sinta livre.

Contudo, num daqueles dias de primavera que caem lentamente ao som do baloiçar das folhas, Ruy é surpreendido pelo rataplã de um tambor que o desafia a saltar o muro do jardim e a percorrer os campos até se abeirar de um acampamento de ciganos. Com eles acaba por ficar e, inspirado pelo espírito indomado de Gela, uma rapariga cigana de olhos cor de avelã, vai descobrir o prazer de sentir o chão debaixo dos pés, enfim, vai experimentar a liberdade pela qual sempre suspirou.

OS AUTORES

Sophia de Mello Breyner Andresen
Sophia de Mello Breyner nasce a 6 de novembro 1919 no Porto, onde passa a infância. Entre 1936 e 1939 estuda Filologia Clássica na Universidade de Lisboa. Publica os primeiros versos em 1940, nos Cadernos de Poesia. Casada com Francisco Sousa Tavares, passa a viver em Lisboa. Tem cinco filhos. Participa ativamente na oposição ao Estado Novo e é eleita, depois do 25 de Abril, deputada à Assembleia Constituinte.

Autora de catorze livros de poesia, publicados entre 1944 e 1997, escreve também contos, histórias para crianças, artigos, ensaios e teatro. Traduz Eurípedes, Shakespeare, Claudel, Dante e, para o francês, alguns poetas portugueses.

Recebeu entre outros, o Prémio Camões 1999, o Prémio Poesia Max Jacob 2001 e o Prémio Rainha Sofia de Poesia Ibero-Americana. Foi a primeira vez que um português venceu este prestigiado galardão, que, para além do valor pecuniário de 42 070 euros, significa ainda a edição de uma antologia bilingue (português-castelhano), o que levará a autora a um vastíssimo público que cobre os países latino-americanos.

Com uma linguagem poética quase transparente e íntima, ao mesmo tempo ancorada nos antigos mitos clássicos, Sophia evoca nos seus versos os objetos, as coisas, os seres, os tempos, os mares, os dias. A sua obra, várias vezes premiada está traduzida em várias línguas.

Sophia de Mello Breyner Andresen faleceu a 2 de julho de 2004, em Lisboa.

Pedro Sousa Tavares

Pedro Sousa Tavares nasceu em Lisboa, em 1975. Tem dois filhos. Estudou Tradução, no Instituto Superior de Língua e Administração (ISLA), e fez uma formação no Centro Protocolar de Formação de Jornalistas (Cenjor). É jornalista  desde 1998, tendo passado pelo Semanário O Independente, o Canal de Notícias de Lisboa (CNL, atual SIC Notícias), a Revista Xis, o 24 horas e o Diário de Notícias, onde trabalha atualmente na secção de Sociedade, cobrindo essencialmente a área de Educação. Colabora ou já colaborou com várias publicações, incluindo as revistas Pais & Filhos, Visão Notícias Magazine e o jornal online norte-americano Globalpost.

Uma história inspiradora sobre o apelo da liberdade e a busca do desconhecido.

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK