2022-08-02

Isabel Allende celebra 80 anos de vida e 40 anos de livros

Edição especial marca o 40.º aniversário de A Casa dos espíritos

Partilhar:

Hoje, dia 2 de agosto, Isabel Allende completa 80 anos. Este mês, e assinalando também a celebração dos 40 anos de vida literária da autora, a Porto Editora faz chegar às livrarias de todo o país uma edição especial de A Casa dos espíritos.

Publicado pela primeira vez em 1982, este foi o romance que deu a conhecer ao mundo o talento da autora chilena. Desde então, a saga familiar dos Trueba, as suas paixões, lutas e segredos, contada ao longo de um século de violentas mudanças, apaixonou milhares de leitores, converteu-se num título mítico na literatura latino-americana e marcou o início duma carreira que se estende até hoje. Isabel Allende conta já com mais de duas dezenas de livros publicados e alcançou o estatuto de autora de língua espanhola mais lida no mundo.

Este livro teve para mim o efeito de um tufão: elevou-me nos ares, sacudiu-me até aos ossos, arrancou-me a uma existência medíocre e projetou-me para um horizonte aberto de infinitas possibilidades, escreve Isabel Allende no prefácio a esta edição. Nos quarenta anos decorridos desde então, sofri perdas, dores e lutos, mudei de país e de marido, e também acumulei muito êxito, o que costuma transformar as pessoas, mas nada me fez perder o meu centro, porque a escrita é a minha bússola. Tudo o que me dói acaba transmutado na alquimia da literatura. 

A nova capa de A Casa dos espíritos recupera a ilustração original de Jordi Sánchez usada na primeira edição, publicada pela Plaza & Janés, a sua editora desde então.


SOBRE O LIVRO

A Casa dos espíritos 
A Casa dos espíritos narra a saga de uma poderosa família latifundiária na América do Sul. O despótico patriarca Esteban Trueba construiu com mão de ferro um império privado, que começa agora a tremer num contexto social explosivo. Por fim, a decadência pessoal do patriarca arrastará os Trueba para uma dolorosa desintegração. Enredados nas suas dramáticas relações familiares, os protagonistas deste romance imenso encarnam as tensões sociais e espirituais de toda uma época. 
Com ternura e impecável mestria literária, Isabel Allende traça o destino das suas personagens como parte indissolúvel do destino coletivo da América Latina, marcado pela mestiçagem, as injustiças sociais e a busca pela identidade própria. 

SOBRE A AUTORA

Isabel Allende 
Nasceu em 1942 no Peru. Passou a primeira infância no Chile e viveu em vários lugares na adolescência e juventude. Depois do golpe militar de 1973 no Chile, exilou-se na Venezuela e, desde 1987, vive como imigrante na Califórnia. Define-se como «eterna estrangeira». 
Iniciou a carreira no jornalismo, no Chile e na Venezuela. Em 1982, o seu primeiro romance, A Casa dos espíritos, transformou-se num dos míticos livros da literatura latino-americana. A este romance seguiram-se muitos outros, alcançando sucesso internacional. A sua obra foi traduzida em 40 línguas e vendeu mais de 75 milhões de exemplares, sendo a escritora mais lida em língua espanhola. 
Recebeu mais de 60 prémios internacionais, entre os quais o Prémio Nacional de Literatura do Chile, em 2010, o Prémio Hans Christian Andersen na Dinamarca, em 2012, pela sua trilogia As Memórias da Águia e do Jaguar, e a Medalha da Liberdade nos Estados Unidos, a mais alta distinção civil, em 2014. 
Em 2018, Isabel Allende tornou-se a primeira escritora de língua espanhola premiada com a medalha de honra do National Book Award, nos Estados Unidos, pelo seu enorme contributo para o mundo das letras.

 

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!

Conheça as nossas novidades

Seja o primeiro a conhecer os livros que acabaram de chegar, notícias sobre autores, conteúdo exclusivo e muito mais!