2020-10-13

Formiga duma Figa celebra «o tesouro nacional» António Avelar de Pinho

Edição da Porto Editora reúne mais de 50 letras de cantigas que atravessaram gerações. Livro conta com ilustrações de João Vaz de Carvalho e prefácio de Nuno Markl

Partilhar:

Crescemos a ouvir discos que António Avelar de Pinho produziu e cantigas que ele escreveu, a ver séries que ele criou. E, a partir de agora, podemos deleitar-nos com a leitura de letras de canções por ele escritas, graças à publicação de Formiga duma Figa.


O livro estará disponível nas livrarias a 15 de outubro.

Eis uma porta para «o mundo colorido e povoado por extraordinárias personagens que lhe vive na mente, […] num daqueles raros objectos que, parecendo ser só para crianças, é para famílias inteiras partilharem e passarem de geração em geração», avisa Nuno Markl no prefácio. A 22 de outubro, pelas 18h30, decorre a apresentação online da obra, em direto de A Cave do Markl, com a participação do autor, do ilustrador João Vaz de Carvalho e da cantora-compositora Rita Redshoes, que musicou e interpretou a letra Joana Maria Cabeça de Vento, especialmente para a presente edição.

 

 

 


SOBRE A OBRA

Macacos no nariz, um espantalho paspalho, um palhaço palha d'aço, algumas pipocas tagarelas, um crocodilo chamado Danilo e outras tantas personagens convivem neste livro cheio de palavras brincadas, pontos, vírgulas, exclamações e interrogações, com muitas rimas pelo meio. Mas, atenção, nem todas são perfeitas, cruzadas ou emparelhadas, e muitas vezes até saem da linha para nos vir ensinar que o mundo nem sempre é a direito!

SOBRE O AUTOR

Autor, produtor musical e de televisão, escritor de livros e de canções, nasceu em 1947. Foi membro fundador da Filarmónica Fraude e também membro fundador, letrista e produtor do grupo Banda do Casaco, com o músico e compositor Nuno Rodrigues. Na década de 80 assinou trabalhos de escrita e/ou produção para artistas como Gabriela Schaaf, Concha, Lara Li, Marco Paulo, António Mourão, Tonicha, Rão Kyao, Heróis do Mar, Doce, Da Vinci, José Cid e o Avô Cantigas. Foi também na década de 80 que começou a escrever textos humorísticos para programas de Herman José na rádio e televisão. Em 1990 fundou a empresa Companhia das Ideias, audiovisuais com vista à criação e produção de projetos para televisão e música. Desenvolveu também trabalho para o público infantojuvenil tanto na música como na edição livreira. Foi coautor da série Os Super 4, com Pedro de Freitas Branco.
 

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK