2021-11-26

Candidatas a PALAVRA DO ANO ® reveladas a 1 de dezembro  

Ainda é possível enviar sugestões para integrar a lista de dez finalistas.

Partilhar:

No próximo dia 1 de dezembro, quarta-feira, a Porto Editora revela a lista das dez candidatas a PALAVRA DO ANO ® . Até lá ainda é possível enviar sugestões que se somarão às milhares já recebidas através do site www.palavradoano.pt.Num ano ainda marcado por uma realidade pandémica e vários sobressaltos, quais serão as palavras escolhidas pelos portugueses para definir este 2021?

A PALAVRA DO ANO ® , iniciativa promovida pela Porto Editora desde 2009, tem contribuído para traçar um retrato fiel dos acontecimentos que vão marcando a nossa vida coletiva, sublinhando a relevância das palavras e a dinâmica da língua portuguesa.

A votação vai decorrer até ao último segundo de 2021 e o anúncio da palavra vencedora acontecerá nos primeiros dias de 2022.

E A PALAVRA DO ANO EM ANGOLA E MOÇAMBIQUE?

A eleição da PALAVRA DO ANO ® em Angola decorre em simultâneo com a de Portugal. No dia 1 de dezembro, serão divulgadas as dez candidatas e, de imediato, a votação estará aberta no site www.palavradoano.co.ao até ao final do ano. No início de 2022 será conhecida a vencedora.

Em Moçambique, o período de sugestões está aberto até 26 de dezembro, através do site www.palavradoano.co.mz. As dez finalistas serão reveladas a 27 de dezembro e os moçambicanos poderão votar na sua favorita até 31 de janeiro de 2022.


SOBRE A INICIATIVA

A PALAVRA DO ANO ® é uma iniciativa da Porto Editora – e das suas subsidiárias em Angola e Moçambique, respetivamente, Plural Editores Angola e Plural Editores Moçambique – que tem como principal objetivo sublinhar a riqueza lexical e o dinamismo criativo da língua portuguesa, património vivo de todos os que nela se expressam.

A lista de palavras candidatas a PALAVRA DO ANO ® é fruto do trabalho de observação e acompanhamento da realidade da língua portuguesa, levado a cabo pelas três editoras. Tendo em conta as sugestões partilhadas através dos sites e a análise da frequência de uso e do relevo alcançado por estas palavras nos meios de comunicação, nas redes sociais e nas consultas online e mobile dos dicionários da Porto Editora, é possível chegar às dez finalistas em cada um dos países.