2015-06-06

Alexander Söderberg regressa com O Outro Filho

Autor da trilogia Brinkmann já está publicado em 35 países

Partilhar:
A Porto Editora publica, a 11 de junho, O Outro Filho, segundo livro da trilogia Brinkmann, um caso de grande sucesso internacional, do sueco Alexander Söderberg, autor já editado em 35 países. Esta segunda obra de Söderberg, traduzida diretamente do sueco por Ana Diniz (que também traduz Lars Kepler), e sucessora de O Amigo Andaluz, lançado pela Porto Editora em 2014, mostra o lado mais negro e mais frágil do ser humano. A mestria de Söderberg na criação de momentos de grande suspense, prontamente transformados em cenas de enorme ação, faz deste autor a nova grande voz do policial nórdico.

SINOPSE Enquanto Hector Guzman se encontra em estado de coma, o seu império definha lentamente. Aron Geisler, o seu braço direito, esforça-se para manter o barco à superfície. Sophie Brinkmann está dominada e é usada para manipular os parceiros de negócio e inimigos, levando-os a pensar que está tudo sob controlo… Mas essa não é a realidade. Quando o irmão de Hector é assassinado em Biarritz, Sophie acha que pode impedir que uma série de acontecimentos sejam desencadeados. Mas uma boa decisão leva a um resultado errado… terrivelmente errado. Sophie torna-se peão num jogo com regras que desconhece, onde a lealdade e a amizade não têm lugar. Indefesa e sozinha num mundo onde reina a mentira e a violência desmedida, tudo em que acreditava e que a definia, parece-lhe sem sentido.

PRIMEIRAS PÁGINAS Disponíveis através desta ligação.

O AUTOR Alexander Söderberg nasceu e cresceu em Estocolmo. Trabalhou para a televisão sueca como argumentista, tendo adaptado, entre outras, obras de Camilla Läckberg. Vive atualmente no campo, no Sul da Suécia, com a mulher, três filhos e um labrador. A trilogia Brinkmann, cujo primeiro título O Amigo Andaluz já se encontra publicado pela Porto Editora, tem os direitos de publicação vendidos para 35 países.

O AMIGO ANDALUZ Sophie Brinkmann é uma viúva que leva uma vida tranquila nos subúrbios de Estocolmo até conhecer Hector Guzman, um homem sofisticado e elegante. Ela não faz ideia de que sob o charme daquele homem se esconde algo sinistro. Hector é o cabecilha de uma organização criminosa. Ele está habituado a obter tudo o que quer, e o que ele agora quer é aniquilar os seus rivais. Antes de se aperceber do verdadeiro mundo em que Hector se move, Sophie vê-se enredada numa implacável teia. Com a casa sob vigilância e a família em risco, em quem poderá ela confiar, quando a própria polícia é tão perigosa quanto os criminosos?
Neste primeiro volume da trilogia Brinkmann, Alexander Söderberg presenteia-nos com um magnífico romance sobre o mundo sórdido do tráfico de armas e droga, dando-nos ao mesmo tempo um retrato magistral da fragilidade humana.

IMPRENSA
Um romance de suspense muito bem escrito – a linguagem tem ritmo e seduz logo no início. Um puro prazer a leitura deste livro e um excelente entretenimento.
Bognørden (Dinamarca)

A encenação está perfeita. Temos sequestros, tiroteios e encontros levados a cabo em locais espalhados por todo o mundo. A trama é excitante e muito bem contada.
God-bog (Dinamarca)

Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência de navegação. Ao navegar estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade. Tomei conhecimento e não desejo visualizar esta informação novamente.

OK