Prémio Conto Infantil Ilustrado está de volta

Edição n.º 19, janeiro de 2016

Sétima edição do concurso promove as competências de escrita e desenho dos mais novos.

Vestir o papel de escritor e ilustrador e criar um conto inédito em língua portuguesa. Este é o desafio lançado aos alunos do 4.º ano de escolaridade pelo Prémio Conto Infantil Ilustrado – Correntes D’Escritas / Porto Editora.

Esta é uma iniciativa com características únicas, que promove o gosto pela escrita, pela leitura e pelo desenho como expressão artística, estimulando ao mesmo tempo a partilha de ideias, de criatividade, o trabalho em equipa, uma vez que os trabalhos têm de ser obrigatoriamente realizados pela turma com o apoio do docente.

Para Luís Diamantino, vereador da Cultura e da Educação da autarquia poveira, este é um dos aspetos que tornam o concurso “singular”: “Tem de haver uma união dos alunos da turma, entre os que escrevem melhor, os que têm mais imaginação ou mais jeito para o desenho, e todos colaboram na criação do conto, com a ajuda do professor”. E, assim, “ao criarem algo em comum, os alunos criam laços entre eles”, resume o vereador, deixando um apelo ao envolvimento dos professores, que considera “a grande locomotiva” do concurso. “São eles que motivam os alunos e proporcionam experiências que nunca mais esqueceremos.”

Mais do que ganhar, diz ainda o vereador, “importa participar”. As escolas vencedoras, que alcancem, respetivamente, o primeiro, segundo e terceiro lugares, ganham vales no valor de mil, quinhentos e duzentos e cinquenta euros, respetivamente, para serem gastos em produtos e edições da Porto Editora.

Saiba mais sobre esta iniciativa aqui.


Artigo com o EDUCARE.PT



 
Back to Top