A Poesia...
José Fanha

A poesia foi uma das formas que o ser humano encontrou para falar dos seus sentimentos mais profundos e misteriosos.

A poesia é a arte das palavras, e as palavras, quando tocadas pelos poetas, tornam-se chaves mágicas que abrem portas de universos que estão para além do imediato quotidiano e que nos falam dos grandes mitos, e também das paixões, das dores, das alegrias.

A linguagem poética exprime o modo de olhar para a Natureza, para o coração, para o amor de uma forma diferente da linguagem quotidiana.

É frequente confundir-se poesia com rima. Mas nada mais errado. A poesia pode ser rimada ou não. A rima pode ou não ser poética. Quando se trabalha a rima com as crianças desenvolve-se a "ginástica" básica da língua, mas não se trabalha necessariamente a poesia.

A poesia é, de facto, uma janela aberta sobre o mistério maravilhoso das palavras que podemos sentir quando lemos Sophia de Mello Breyner Andresen, Eugénio de Andrade, Luís de Camões ou Ruy Belo.

E é por isso que um menino pode escrever magnífica poesia aos 8 anos:
“O amor é um pássaro verde
num campo azul
no alto da madrugada”
(Maria Rosa Colaço, A criança e a vida)

Apresento-vos, por isso, uma proposta que levará as vossas crianças a voarem nas asas da verdadeira poesia. Para elas é fácil, porque a poesia é a língua materna das crianças, como foi, desde sempre, a língua materna da Humanidade.

Levem as crianças a soltar as palavras como bolas de sabão, a usá-las com "liberdade livre", que é a poesia como a entendia o poeta António Ramos Rosa.
O que é o amor em poesia? O que é a tristeza em poesia? O que é alegria em poesia? O que é a velhice em poesia? O que é uma borboleta? O que é um rio?...

José Fanha - nasceu em Lisboa e licenciou-se em arquitetura. Poeta e declamador, participou em milhares de sessões de animação cultural. É autor de histórias e poesia para a infância, dramaturgo e dramaturgista, autor de letras para canções e textos para rádio, guionista de televisão e cinema. Tem dirigido Oficinas de Poesia e de Escrita além de desenvolver trabalho intenso de divulgação de poesia e promoção do livro e da leitura em Bibliotecas e escolas um pouco por todo o país.

Uma sala, imensas possibilidades
Porto Editora
nov 2019
Elogiar: como e o quê?
Adriana Campos
out 2019
A entrada dos adultos na creche/jardim de infância
Adriana Campos
set 2019
Manifesto a favor da desprogramação do tempo livre das crianças
Manuel Rangel (1956 – 2015)
jul 2019
A importância do contexto familiar na felicidade da criança e do seu bem-estar
Manuela Queirós
mar 2019
Back to Top