back-to-top

Um trilho de descobertas em Ecologia e sustentabilidade!

O Aqui! promove um percurso desafiante, problematizador e estimulante, desde as condições favoráveis à vida na Terra até à otimização da Ciência e da Tecnologia na promoção do desenvolvimento sustentável, atravessando os componentes e as dinâmicas dos ecossistemas, sempre sob o olhar atento das Aprendizagens Essenciais e do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória.

Apresentação online do projeto

Conheça em detalhe os componentes e recursos pedagógicos

Autores

Cooperação: Estratégia e Finalidade de Aprendizagem

Ana Luísa Sequeira

Licenciada em Ensino de Biologia e Geologia, pela Universidade do Minho, em 2001. Lecionou em várias escolas da região norte, as disciplinas de Ciências Naturais, Biologia e Geologia e Biologia.
Dinamizou e coordenou diversos projetos escolares, envolvendo os alunos em temáticas relacionadas com as Ciências, a Saúde e o Ambiente. Neste ano letivo leciona em Viana do Castelo.
Considera que o envolvimento de alunos em projetos, tal como uma aula laboratorial e/ou de campo, estimula o interesse, o gosto e aguça a curiosidade pela disciplina. O contacto com a Natureza e com situações reais facilita muito a aprendizagem!

Ana Malaínho

Licenciada em Ensino de Biologia e Geologia, pela Universidade do Minho, em 1999, pelo que completa neste ano letivo 24 anos de docência.
Durante o seu percurso esteve colocada em várias escolas, desempenhando diversos cargos e integrando diferentes clubes e projetos, destacando-se os cargos de Coordenadora do Projeto Educação para a Saúde, ou dinamizadora de projetos relativos às Ciências Experimentais.
No presente ano letivo, leciona na escola básica e secundária de Vale d'Este, do concelho de Barcelos.
A área das ciências naturais foi, desde cedo, aquela que mais a entusiasmou e, como professora, considera que esta área permite a construção de cidadãos capazes de, através de uma análise crítica e reflexiva, se apropriarem do conhecimento científico e assumirem maior responsabilidade e capacidade de intervenção no mundo que os rodeia.

José Luís Coelho da Silva

Licenciado em Ensino de Biologia e Geologia pela Universidade do Minho, em 1988.
Mestre em Educação, área de especialização “Informática no Ensino”, pela Universidade do Minho, em 1996, com a dissertação “O Sistema de Aquisição e Tratamento de Dados como um meio para promover a mudança conceptual: um estudo sobre Fotossíntese com alunos do 10.º ano de escolaridade”.
Doutorado em Educação, área de conhecimento “Metodologia do Ensino das Ciências”, pela Universidade do Minho, em 2007, com a tese “Natureza da Ciência em Manuais Escolares de Ciências Naturais e de Biologia e Geologia: imagens veiculadas e operacionalização na perspetiva de professores e autores”.
Revisor científico-pedagógico de manuais escolares de Ciências Naturais do 2.º e do 3.º ciclo do ensino básico, editados pela Porto Editora, desde 2014.
Experiência profissional como professor de Biologia e Geologia do grupo 520.
Membro do Projeto MINERVA (Meios Informáticos no Ensino: Racionalização, Valorização, Atualização), entre 1990 e 1994.
Experiência profissional vasta no âmbito da formação inicial e contínua de professores de Biologia e Geologia. Docente do Instituto de Educação da Universidade do Minho, desde 1996. Leciona Metodologia do Ensino da Biologia e Geologia I e é supervisor de estágio no Mestrado em Ensino de Biologia e Geologia no 3.º Ciclo do Ensino Básico e no Ensino Secundário.
Investigador do Centro de Investigação em Educação da Universidade do Minho. Investiga e publica no âmbito da pedagogia para a autonomia, História da Ciência, trabalho laboratorial, aprendizagem cooperativa e avaliação das aprendizagens.

Virgínia Braga

Licenciada em Ensino de Biologia e Geologia (2001) e mestre em Ciências – Formação Contínua de Professores (2015) pela Universidade do Minho, Virgínia Braga é docente de Quadro de Zona Pedagógica na Escola Básica e Secundária Dr. Vieira de Carvalho, tendo lecionado em várias escolas, nos diversos níveis de ensino.
Virgínia Braga é entusiasta da importância das Ciências da Terra e da Vida e investe no despertar da curiosidade e na motivação dos alunos, pois acredita que alunos motivados se revelam confiantes, criativos e se envolvem com resiliência nos desafios, aproveitando-os como oportunidades de construção de aprendizagem.
Virgínia Braga considera que o contributo das aulas de Ciências Naturais é crucial para a formação de cidadãos autónomos, responsáveis, ativos e interventivos.

Revisor científico-pedagógico

José Luís Coelho da Silva
Instituto de Educação da Universidade do Minho

Entidade Certificadora

Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa