Ficha do produto
10%
A Escrava de Córdova
Código: 04166
Edição/reimpressão: julho de 2013
Páginas: 472
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04166-1
Veja este produto em formato eBook
Normalmente segue para o correio em 24 horasentrega
páginas
 
vídeo
 

sobre o livro


Sinopse


Plano Nacional de Leitura
Livro recomendado para os 10º, 11º e 12º anos de escolaridade, destinado a leitura autónoma.

Conseguirá o amor vencer as barreiras da religião?

A Escrava de Córdova segue a vida de Ouroana, uma jovem cristã em demanda pela liberdade e pelo seu lugar especial no mundo. Confrontada com as adversidades do tempo em que lhe foi concedido viver, e em nome do coração, a jovem terá de questionar a educação, as convicções e a fé que sempre orientaram a sua existência. Será, por entre a efervescência das mesquitas e o recato das igrejas granÌticas da sua terra, que a revelação por que tanto almeja a iluminará.
Uma história inolvidável de busca de felicidade que tem lugar nos séculos X-XI, numa época pouco tratada pela Historiografia oficial e mesmo pela ficção romanceada. Um pretexto para uma brilhante explicação sobre o caldo cultural e civilizacional celto-muçulmano dos atuais povos peninsulares e uma profunda explanação sobre as origens, fundamentos e consequências da conflituosidade étnico-religiosa que hoje, tal como no distante ano 1000, ainda grassa no mundo.
Alberto S. Santos, com rigor histórico e descrições impressivas, revela-nos a mentalidade, a geografia, o quotidiano urbano, as conceções religiosas, a fremente História do dobrar do primeiro milénio, e, sobretudo, a intensidade com que se vivia na terra onde, mais tarde, nasceram Espanha e Portugal. Dá-nos ainda a conhecer o ângulo mais brilhante, mas também o mais duro e cruel, da civilização muçulmana do al-Andalus.

Prefaciado por José Rodrigues dos Santos e com revisão científica do arabista Rui Santos e do escritor Adalberto Alves, especialista em cultura árabe.

5.a edição - Mais de 20 mil exemplares vendidos

A Escrava de Córdova de Alberto S. Santos

Críticas de imprensa
Reflexão poderosa, acutilante e pertinente da necessidade de diálogo entre as várias cosmovisões (do mundo).
Rádio Universitária do Minho


Uma primeira obra cheia de pujança ficcional e literária, tecida com um apurado e sentido gosto estéticos.
Rádio Universitária do Minho


Grande romance.
Rádio Universitária do Minho


O primeiro romance do Presidente da Câmara de Penafiel conta (...) o quotidiano, a geografia e mentalidade da civilização celto-muçulmana.
Revista LER


Uma história (...) sobre o caldo cultural e civilizacional fundador dos actuais povos peninsulares e uma profunda explanação sobre a conflituosidade étnica e religiosa.
Revista Os Meus Livros


Uma teia ficcional muito interessante, carregada de cenas emocionantes, de magia medieval e mitos antigos, bem como de explicações eruditas. Lê-se com prazer e permanente curiosidade e ultrapassa, por essa mensagem, o vulgar romance histórico.
Urbano Tavares Rodrigues


Notável e intelectualmente irrepreensível.
Expresso


Ler este romance fez-me lembrar Amin Maalouf e O Périplo de Baldassare. Aqui vemos o mesmo gosto pelo detalhe e pelo pitoresco, num livro escrito com tanta alma que nos faz desejar ler sempre a próxima página.
José Rodrigues dos Santos, escritor e jornalista


… reconfortante, para quantos sentem o fascínio da Idade Média, tempo de luz e de espiritualidade, que não de trevas, como vulgarmente se diz, ver surgir mais um autor português que, com talento, contribui para resgatar do olvido a época de ouro que foi, no nosso território, a do Gharb al-Andalus.
Adalberto Alves, escritor, jurista e conferencista


A Escrava de Córdova apresenta uma sólida documentação histórica, aliada a uma intriga interessante e bem modelada, quer ao nÌvel das personagens, quer ao nÌvel das descrições e da reconstituição dos ambientes.
Maria de Fátima Marinho, Professora Catedrática


A Escrava de Córdova tem como tese a convivência entre muçulmanos e cristãos (e também judeus), propondo a ideia de um Deus único que se manifesta culturalmente de formas diferentes.
Pedro Sena-Lino, escritor e crítico literário

comentários


 
 
Coloque aqui o seu comentário - A Escrava de Córdova
Título do comentário: *
Comentário: *
A sua avaliação:
 
 
 
 
 
* campos de preenchimento obrigatório
 

recomendar



A Escrava de Córdova de Alberto S. Santos


Para recomendar esta obra basta indicar o seu nome e-mail, bem como o nome e e-mail da pessoa a quem pretende enviar esta sugestão. Se quiser, pode ainda acrescentar um breve comentário. A sua recomendação será enviada de imediato.

A sua identificação

Nome: *
E-mail: *

Identificação do destinatário

Nome: *
E-mail: *

Se pretender enviar esta recomendação para vários contactos,
separe os endereços de e-mail com ",". Ex: abc@abc.pt,xyz@xyz.pt

Comentário:
* campos de preenchimento obrigatório
 

sobre o autor


Alberto S. Santos é advogado, formado pela Universidade Católica Portuguesa, exercendo atualmente funções públicas. É natural de Paço de Sousa, Penafiel, onde reside. O Segredo de Compostela é o seu terceiro romance, seguindo-se aos bestsellers A Escrava de Córdova (2008) e A Profecia de Istambul (...)

detalhes do produto



A Escrava de Córdova de Alberto S. Santos

Ano de edição ou reimpressão: 2013

Editor: Porto Editora

Idioma: Português

Dimensões: 151 x 234 x 32 mm

Encadernação: Capa mole

Páginas: 472

Classificação: Romance, Temas Científicos Leitura Autónoma, Temas Científicos Leitura Autónoma, Temas Científicos Leitura Autónoma

 

Do mesmo autor...

Produtos relacionados

A pesquisa não devolveu resultados.

Quem comprou também comprou...